Alimentos que Ajudam a Controlar o Funcionamento Intestinal

Escrito por

 

A constipação intestinal, também conhecida como prisão de ventre, acomete mais frequentemente mulheres, idosos e crianças.

Do outro lado do espectro dos problemas intestinais está a diarreia.

Entenda os motivos e soluções alimentares para esses problemas tão comuns.

Principais Causas da Prisão de Ventre

As principais causas da constipação são a dieta pobre em fibras, a ingestão de pouca água, o sedentarismo e o consumo elevado de proteína animal e produtos industrializados.

O intestino preso pode estar relacionado também a doenças do cólon (intestino grosso) e do reto, como câncer, doença diverticular, hemorróidas e fissuras anais.

A constipação caracteriza-se pela redução do número de evacuações, fezes endurecidas e esforço para defecar.

Nota-se, portanto, que a prisão de ventre tem relação com a vida moderna e os hábitos desenvolvidos pela sociedade contemporânea.

Como Regular seus Intestinos com os Alimentos

A preferência por alimentos de fácil preparação, congelados e que são levados ao microondas, que é tão discutida nos dias de hoje, quando se fala de doença cardiovascular, desempenha papel igualmente importante na questão aqui abordada.

Mudar hábitos alimentares não é algo fácil; portanto, desenvolvê-los de maneira saudável torna-se mais simples quando se é jovem.

papaia laranja

Mamão e laranja ajudam a soltar o intestino.

Desde cedo, pode-se estimular as crianças a comerem menos alimentos embutidos, ricos em gordura animal e sal. Incentivá-los a consumir alimentos frescos é um bom caminho a seguir.

A dieta rica em fibras, presente em cereais como trigo e aveia e em vegetais (legumes, verduras e frutas), associada ao aumento da ingestão de líquidos, tem impacto positivo sobre o problema da constipação.

Mastigue bem os alimentos, coma hortaliças folhosas cruas e prefira frutas laxativas (mamão, laranja e ameixa); coma as frutas com bagaço e casca.

Não se esqueça dos cereais integrais e das leguminosas (feijão, lentilha e grão-de-bico), pois tais alimentos são laxativos.

Em adição a isso, recomenda-se a prática de exercícios físicos aeróbicos por 30 minutos, 5 vezes por semana.

E, lembre-se, tome medicamentos apenas com orientação médica.

Principais Causas da Diarréia

Por outro lado, doenças inflamatórias intestinais, infecções intestinais e quimioterapia são causas de diarréia, que caracteriza-se pelo aumento do número de evacuações, com fezes que podem ser até líquidas.

Nesta situação, também é importante obter orientação médica, mas deve-se salientar a participação da alimentação e da ingestão de líquidos no processo em destaque.

Atenção especial, mais uma vez, às crianças e aos idosos, que correm maior risco de desidratação.

Alimentos que Ajudam no Controle da Diarréia

Abaixo, seguem alimentos recomendados nos casos de diarréia, como na gastroenterite viral, por exemplo:

  • torradas

    Torradas auxiliam no controle da diarreia

    Bebidas: suco de frutas coadas (limão, maracujá, maçã e goiaba), água de côco e chá de camomila e erva-doce;

  • Pães e biscoitos: cream-cracker, água e sal, pão de forma sem fibras e bolacha maisena;
  • Cereais e farinhas: farinha branca, arroz branco e macarrão;
  • Frutas: cozidas ou assadas (pêra, maçã e banana);
  • Carnes, peixes e aves: magras, assadas ou grelhadas;
  • Ovos cozidos;
  • Legumes: cozidos, em forma de purê, sopa ou caldo (batata, cenoura, abobrinha, mandioca, inhame);
  • Sobremesas: gelatina diet e picolé de frutas (sem leite e sem açúcar).

Alimentos a Serem Evitados

  • Bebidas: sucos de frutas laxativas, como mamão e laranja, além de leite e derivados;
  • Pães e biscoitos: com cereais integrais;
  • Frutas: cruas, com casca e sementes;
  • Carnes, peixes e aves: embutidos (salsicha, mortadela, lingüiça), crustáceos e moluscos;
  • Ovos fritos;
  • Legumes e verduras: cruas e todas as folhas;
  • Sobremesas: açúcares;
  • Gorduras: salgadinhos, maionese, bacon.