Alimentação e Hipertensão, como controlar a pressão?

Escrito por

Alimentação e Hipertensão !

Hipertensão arterial, que tensão!!!

A hipertensão arterial sistêmica (pressão sanguínea alta) é o principal fator de risco para derrame, infarto, doença cardiovascular, podendo também danificar os rins.

A hipertensão é tida como uma doença silenciosa, porque causa poucos sintomas ou até mesmo nenhum. Uma pessoa pode estar hipertensa, durante anos, sem saber.

Estima-se que 15 milhões de indivíduos sofrem do mal e nem sabem.

O coração trabalha em dois tempos, quando se dilata (diástole) enche-se de sangue, quando se contrai (sístole) expulsa o sangue.

Graças a esses movimentos de contração e dilatação o sangue circula permanentemente pelos vasos sangüíneos (artérias e veias).

Alimentação e Hipertensão : Como medir a pressão

Alimentação e Hipertensão comida japonesaVerificando a pressão arterial temos a máxima e a mínima.

– Quando o coração se contrai, temos a pressão máxima (sistólica)

– Quando o coração se dilata, temos a pressão mínima (diastólica)

Considera-se pressões normais abaixo de 130 mmHg para pressão máxima e abaixo de 85 mmHg para mínima.

Os níveis pressóricos considerados ÓTIMOS são 120/80 mmHg.

Pressão alta ou hipertensão: Alguns fatores de risco

– Hereditariedade
– Idade
– Obesidade
– Álcool
– Sedentarismo
– Raça (sabe-se que é mais comum na raça negra)
– Tabagismo
– Excesso de sal
– Estresse

Infelizmente a pressão alta não tem cura. Ela pode ser controlada, e seus efeitos assim são reduzidos.

Alimentação e Hipertensão : Doenças que resultam da hipertensão arterial

Quando o diagnostico é feito precocemente, fica muito mais fácil se controlar as complicações resultantes da doença.

As doenças mais comuns que podem ser provocadas pela hipertensão arterial são:
derrame, insuficiência cardíaca, arritmias, insuficiência renal crônica, lesões da retina e artérias, aumento do coração (o músculo cardíaco aumenta de tamanho, ficando grande e consequentemente ele não consegue bombear sangue para as extremidades).

Alimentação e Hipertensão : Dieta e tratamento para reduzir a pressão alta

Sugestões para prevenir e diminuir a quantidade de medicamentos utilizados para o controle da hipertensão arterial.

 Redução de 10% do peso corporal
 Diminuição do consumo de sal (sódio)*
 Adotar uma atividade física que lhe dê prazer
 Eliminar o álcool
 Aumentar o consumo de verduras, frutas e legumes (potássio), cálcio e magnésio.

* Lembrar, como vimos anteriormente, que:   1 g de sal contém 400 mg de sódio

O grande vilão da pressão alta: o sódio – um componente do sal de cozinha

Uma alimentação adequada pode contribuir para a redução ou normalização da hipertensão arterial.

Uma das melhores maneiras de controlar a pressão é reduzir o sal de adição (saleiro) aos alimentos.

O sódio que consumimos está na forma de cloreto de sódio (sal). O sódio e o sal são encontrados naturalmente em alimentos.

Não confundam sódio com sal de cozinha!

O sódio (Na) é um mineral que se liga ao cloro (Cl) outro mineral, para formar cloreto de sódio (NaCl), aí temos o sal de cozinha. Ou seja, é um componente do sal de cozinha.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Rubyran, ~MVI~ (warped)