Vazamentos – teste o encanamento, economize dinheiro!

Escrito por

Vazamentos …

Todo encanamento tem muitos pontos sensiveis a vazamentos, juntas, joelhos, registros, etc.

Assim se desconfiamos de algum vazamento dentro de paredes, o melhor a fazer é consertar o mais rápido possível!

Vazamentos – Testando o encanamento interno:

 

O encanamento interno é a rede de canos que vai da caixa d¹água para os sanitários, chuveiros, pias, torneiras, etc.

Verifique atentamente as paredes perto dos registros e torneiras e veja se não existe umidade ou vazamento visível.
Se existir, a torneira ou registro deve ser trocada ou reinstalada.

Preste atenção também nos pisos, caso o encanamento passe pelo chão. Umidade ou água minando é sinal que existe vazamento
. Nesse caso, é preciso substituir o cano.

Faça um teste simples:

Feche bem as torneiras, chuveiros e registros.

Trave a bóia da caixa d’água e marque o nível da água.

Se depois de 2 horas sem usar água o nível da água baixar, existe vazamento.

Faça uma nova vistoria em todos os pontos.

Vazamentos – Testando o encanamento externo:

O encanamento externo é a rede de canos que conduz a água da rua para a caixa d’água, tanque, jardim, etc.

Feche bem todas as torneiras.

Deixe o registro do cavalete totalmente aberto.

Trave a bóia da caixa d’água.

Depois de tudo fechado, se a ventoinha ou os ponteiros do hidrômetro (relógio que mede o consumo de água) continuarem em movimento, é porque existe algum vazamento.

Faça uma vistoria cuidadosa no encanamento ou chame um profissional para realizar o serviço.

 Teste para hidrometros

Para checar se há algum vazamento entre o hidrometro e a caixa d´água, abre-se o registro do hidrometro fechando a bóia da caixa ate interromper o fluxo de água.

O hidrômetro deve ficar parado, provando assim a ausência de vazamento.

– Outro Teste

1º- Mantenha aberto o registro do cavalete.

2º- Feche bem todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários por uma hora.

3º- Marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro ou anote a leitura dele.

4°- Espere uma hora

5º – Após 1 hora, verifique se ele se movimentou. Caso ele tenha se movimentado, é sinal de que existe vazamento.

Teste para Reservatórios de edifícios

1º – Feche o registro de saída do reservatório do subsolo.

2º – Feche completamente a torneira da bóia.

3º – Marque no reservatório o nível da água e, após 1 hora, no mínimo, veja se ele baixou.

4º – Em caso afirmativo, há vazamento.

Testes de Vazamento no ramal direto da rede

A ) Feche o registro do cavalete;

Abra uma torneira alimentada diretamente pela rede (torneira do jardim ou do tanque);

Espere até a água parar de correr;

Coloque um copo cheio de água na boca da torneira;

Se houver sucção da água do copo pela torneira, é sinal que existe vazamento no cano alimentado diretamente pela rede.

B ) Mantenha aberto o registro do cavalete;

Feche bem todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários

Feche completamente as torneiras de bóia das caixas, não permitindo a entrada de água;

Marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro e, após 1 hora, verifique se ele se movimentou;

Caso ele tenha se movimentado, é sinal que existe vazamento no ramal diretamente alimentado pela rede.

Fontes de Pesquisa: Sabesp  /  Aguas do Amazonas