Uso do Vidro no Projeto da Casa

Escrito por

Há tempos o vidro deixou de ser coisa de janelas para tomar conta do resto da casa: são portas, paredes, guarda-corpos, divisórias, telhados e até mesmo o chão. Confira dicas para tirar o máximo de partido desse material.

A transparência do vidro não apenas traz um ar de modernidade e leveza na arquitetura como também aproveita ao máximo a luz natural. Isso sem contar que, no campo, integra a natureza com o interior da casa.

Ao mesmo tempo, é importante ficar atento às necessidades de privacidade e de controle do calor que o ele acaba gerando.

Fachadas de Vidro

casa vidroNa arquitetura contemporânea, onde os traços retos e formas quadradas são dominantes, multiplicam-se as fachadas de vidro.

Elas criam um efeito sofisticado para quem olha de fora, expondo inclusive móveis de belo design. Provocam, ainda, uma grande sensação de amplitude para quem está dentro do ambiente.
Outro ponto alto é o aproveitamento da iluminação natural.

Se quiser preservar alguma privacidade e bloquear parte do efeito estufa gerado pelo sol, aposte na aplicação de películas solares. Jateados também são indicados.

Você também pode pensar em construir a casa com fachada de vidro perto de árvores altas. Elas farão sombra em diversos momentos do dia.

Outra forma de controlar as altas temperaturas no interior do ambiente é que apenas a fachada virada para o sol da manhã seja de vidro. Valorize, ainda, aberturas que valorizem correntes de ar.
Uma maneira de fazer isso é a posição das janelas.

Por fim, você sempre poderá apelar para persianas retráteis. Desta forma, sempre existirá a possibilidade de não serem vistas.

Uso em Diferentes Partes da Casa

cozinhaSe a parede do cômodo do seu quarto ou banheiro é de vidro, a necessidade de persianas aumenta. São elas que garantirão a privacidade e a escuridão desejada para a hora de dormir.

Banheiros e cozinhas podem contar com a versão fosca. Ele não é transparente mas ainda assim facilita a passagem de luz e garante o visual leve e sofisticado.

Se você tem um jardim de inverno, faça-o de superfícies verticais de vidro! Elas permitirão que o jardim não seja um cômodo isolado e sim parte integrante do convívio da casa.

Caso pretenda usar divisórias para separar ambientes internos, o tijolo de vidro é uma opção. Afinal, o vidro liso pode ficar pouco visível para os habitantes. Pode acabar sendo alvo de choques de quem passa.

Outras Dicas para Casas de Vidro

salaSim, o vidro pode ser mais em conta do que paredes de alvenaria. Faça um orçamento e confira.

Existe um tipo de vidro para cada uso. Procure um bom arquiteto ou decorador de interiores para saber qual comprar, especialmente se você pretende usá-lo no chão.

Sim, é possível – mas sua espessura e instalação serão fundamentais para a completa segurança dos habitantes.

Se a sua casa emprega muito desse material, pisos de madeira e concreto são os mais indicados. Eles são neutros e o efeito é sempre arrojado.

No quesito decoração, o vidro se mescla bem com materiais mais rústicos como couro e madeira. Metais reforçam a característica moderna da arquitetura.

A limpeza do vidro é fundamental para que seu efeito e benefícios sejam garantidos. Utilize produtos especializados e panos bem macios. Nada de abrasivos, buchas ou palhas de aço.

Para a limpeza de grandes fachadas, cogite chamar pessoal especializado: eles são bem treinados e possuem os equipamentos de segurança adequados para cuidar das partes mais altas.