Tipos de Andaimes: Qual Escolher

Escrito por

Os andaimes são plataformas de elevação que possibilitam um grande número de atividades na construção civil e em reformas. Conheça os diferentes tipos de andaimes existentes e descubra qual o ideal para a sua obra.

Andaimes são essenciais na construção civil: é neles que os trabalhadores chegam a alturas necessárias, seja ela qual seja. Também é muito utilizado em demolições, manutenções, reformas e até mesmo na pintura de imóveis.

Por conta dessa diversidade de finalidades, existem diferentes tipos de andaimes – alguns bom base no solo, outros suspensos por cabos. Para evitar acidentes, é fundamental escolher o modelo certo para o que deverá ser feito. Confira a seguir.

Andaime Industrial

Trata-se de uma torre de formato quadrado feita de estruturas tubulares em aço. Versátil, pode ser utilizado tanto na fachada quanto no interior da construção.

É indicado para várias atividades não tão pesadas, tais como pintura, revestimento, alvenaria, acabamento e manutenção predial.

Andaime Fachadeiro

Os chamados andaimes fachadeiros são, como o nome sugere, ideais para a construção ou a reforma de fachadas.
Ele é composto por quadros horizontais e verticais, travessas diagonais, placas de base, guarda-corpo e tela, e cresce rente à superfície vertical exterior da edificação.

andaime fachada

Andaime fachadeiro

O andaime fachadeiro está apoiado sobre o solo e possibilita não apenas a passagem dos trabalhadores como também de materiais de construção.

Andaime Multidirecional

Enquanto o andaime fachadeiro é composto por fileiras retas em diferentes níveis, o multidirecional é menos linear. A cada nível existe uma plataforma num ponto diferente da superfície vertical.

Por isso, suas escadas são em ziguezague, ao invés de laterais.

Andaimes fachadeiros e multidirecionais podem ser móveis, com rodinhas. Isso facilita trabalhos de acabamento e instalações. No entanto, só pode ser utilizado em localizações planas.

Andaimes Suspensos (Balancim)

andaime suspensoAndaimes suspensos, também conhecidos como balancins, ficam “pendurados” junto à fachada da edificação. São sustentados por cabos de aço e possuem estrutura em travessas metálicas ou de madeira.

Eles se movimentam verticalmente por um sistema de manivelas (suporta até 447 kgs, dependendo do tamanho da plataforma) ou elétrico (que costuma ser mais seguro e resistente). Procure sempre por um modelo com travas de segurança.

Andaimes suspensos devem ser empregados em atividades de revestimento e manutenção externa. O balancim duplo suporta materiais mais pesados.

Cadeira Suspensa

Trata-se de um assento de aço, também suspenso por cabos de aço. Só pode ser utilizada quando outros tipos de andaimes não são possíveis.

É utilizada em trabalhos como pintura e limpeza.

Andaimes: Legislação

Outro aspecto a levar em consideração na hora de escolher um andaime é a lei.

A Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego 18 (NR 18) estabelece que, embora possam ser montados no local da construção, os andaimes devem ser dimensionados por profissionais formalmente habilitados.

O encaixe das estruturas de sustentação e fixação também deve ser feita por esse pessoal. Isso porque apenas eles podem avaliar precisamente se aquele modelo é capaz de suportar os trabalhadores de forma segura, além das cargas.

Os pisos dos andaimes também possuem regras previstas na NR 18: devem ser nivelados, com forração completa e antiderrapantes. Os andaimes devem ter rodapés e guarda-corpo, obrigatoriamente.

Boas empresas de andaimes os alugam dentro de todas as exigências legais.