Régua de Escala (Escalímetro): como usar

Escrito por

escalaEscala 1:75 (lê-se um por setenta e cinco)

É raro encontrar um projeto executado nesta escala.

Sua conversão é um pouco complicada, pois cada dois metros e meio de parede equivale, no traçado, cerca de três centímetros e três milímetros. Por conta disso quase nunca é utilizada.

 

regua de escalaEscala 1:50 (lê-se um por cinquenta)

Essa é a escala mais usada e preferida por quase todos os engenheiros, arquitetos e projetistas, pois possibilita um desenho no tamanho ideal para leitura e interpretação, levando-se em conta o tamanho do papel encontrado no comércio para esse tipo de trabalho.

Nela, cada metro de parede no sentido horizontal equivale a dois centímetros no desenho do projeto.

escalimetroEscala 1:25 (lê-se um por vinte e cinco)

Essa escala proporciona uma boa redução no desenho, permitindo uma maior visualização dos detalhes, mas ficando o projeto desenhado muito grande, causando a utilização de papel em tamanho extenso, daí sua pouca utilização.

Nela, cada metro equivale a quatro centímetros no desenho do projeto elétrico na planta baixa.

reguaEscala 1:20 (lê-se um por vinte)

O projeto desenhado nesta escala fica em tamanho desproporcional, dificultando seu manuseio, transporte e arquivamento, sendo utilizado somente em situações muito especiais, e sua equivalência é de cada metro de alvenaria ou lado do terreno, equivale a cinco centímetros no desenho, tornando assim o desenho do projeto em tamanho enorme.

Conversão de Medidas em Projetos Elétricos

Quando falamos em medidas e escalímetros, é importante conhecer a conversão dos diâmetros dos conduítes e eletrodutos, pois agora só utilizamos o SISTEMA MÉTRICO DECIMAL de acordo com as normas técnicas adotadas, e não as medidas em polegadas a que estávamos acostumados.

Abaixo a tabela de conversão de polegada para milímetros:

Alguns projetos mais específicos informam também a capacidade em Ampères dos disjuntores de proteção, e a carga em Watts de toda a rede elétrica, bem como a previsão da corrente total em Ampères de todo o sistema elétrico em uso ou a ser instalado.

Normalmente os projetos são calculados por um engenheiro elétrico e desenhados por projetistas desenhistas ou arquitetos com formação acadêmica (curso superior em universidade).

No caso do eletricista, que não tem essa formação universitária, parece difícil ler, interpretar e até mesmo elaborar um projeto elétrico simples, com informações básicas e úteis que vão ajuda-lo muito no desenvolvimento de seu trabalho.Mas com alguns conhecimentos básicos ele poderá, sim, elaborar um pequeno projeto sem muita dificuldade.

Que Tipo de Informação o Eletricista Precisa?

 

Antes de tudo, é preciso conhecer as medidas do terreno e do imóvel (casa) a ser construído ou reformado, ou seja, a quantidade de metros de quina a quina das paredes de todos os cômodos.

Em seguida, inicia-se o desenho chamado Planta Baixa.

As medidas em metros são transformadas ou convertidas em centímetros para ocupar um espaço no papel onde estará o desenho da planta baixa.