Planeje seus pontos de tomadas antes da Reforma ou Obra!

Escrito por

 

 

 

Um pequeno projeto elétrico

Já identificado o tipo de tomada de cada equipamento de acordo com sua potência, vamos agora posiciona-los no seu ambiente de trabalho, e para isso vamos nos guiar através principalmente de um PROJETO ELÉTRICO na Planta baixa, identificando o local provável ou definitivo onde o equipamento vai funcionar, seja na cozinha ou lavanderia (área de serviços).

 

Como podem ver, não é difícil localizar a posição de cada equipamento elétrico nos cômodos da casa, e transplanta-la para o desenho na planta baixa.

O eletricista deve ter essa informação do proprietário da obra ou reforma, e se possível acompanhar o andamento do serviço de alvenaria, pois quem executa a instalação dos conduítes e caixas de luz embutidos nas paredes é o pedreiro, que deve ser orientado pelo proprietário através do projeto elétrico na planta baixa, ou do simples desenho feito pelo eletricista com as informações corretas do posicionamento das tomadas e interruptores em seus locais definitivos.

Quantas tomadas para cada cômodo?

A NBR 5410 estabelece a orientação de que deve ser instalado um mínimo de uma (01) tomada a cada oito metros quadrados (8 m²).

No caso da cozinha e área de serviços, é preciso até mais tomadas além deste mínimo, pois a segurança é o primeiro item a ser observado em qualquer instalação elétrica.

É preciso ter uma quantidade correta de tomadas instaladas de acordo com a potência dos equipamentos, evitando assim que depois da obra ou reforma terminada, venham a ser usadas as famosas “GAMBIARRAS”, como uso de extensões com fios soltos, ou os conhecidos “T” (benjamim), provocando aumento da corrente em ampères por mau contato, gerando conta de energia mais alta e insatisfação dos proprietários.

Portanto, fazer previamente uma avaliação e um pequeno projeto, é um planejamento adequado, correto e útil para uma perfeita execução do serviço elétrico, proporcionando satisfação para todos os envolvidos na obra ou reforma, e também economia de material e evitando nova reforma elétrica no futuro para adequação no funcionamento dos equipamentos.

Quantidade minima de pontos de Tomadas

fonte: prysmian