Pintura de acabamento em madeira

Escrito por

O valor (qualidade)de um acabamento de madeira pode ser avaliado pelos seguintes fatores:

. Beleza (subjetiva)
. Durabilidade do acabamento
. Estabilidade do acabamento

Os passos necessários para criar um acabamento de madeira durável são conhecidos como “sistema de acabamento” e podem compreender o seguinte:

Sumário das etapas para pintura em madeira

1) Passos de preparo da madeira:
i. Remoção do acabamento anterior
ii. Clareamento da madeira
iii. Remendos (se necessário)
iv. Lixação
v. Aplicação de base (primer) ou selador

2) Tingimento ou pintura da madeira
 
3) Enchimento das fibras
 
4) Esmaltagem

5) Acabamento final:
i. Preenchimento de perfurações por prego
ii. Revestimento final

6) Manutenção

– Passos Preparatórios: Remoção do acabamento anterior:

Se a superfície da madeira tiver recebido anteriormente um acabamento com tinta ou qualquer tipo de sistema de acabamento para madeira, será necessário remover todo o acabamento antigo.
Isto pode ser realizado usando-se apenas um, ou ambos os métodos a seguir:

raspagem da madeira. Remoção mecânica de acabamento anterior:
Isto envolve o uso de lâminas afiadas ou raspadeiras para remover fisicamente o acabamento antigo da superfície da madeira.
Dependendo do material, a aplicação de um jato de ar quente por uma pistola de calor, à medida que a superfície for raspada, pode facilitar a remoção do acabamento existente.

O outro método mecânico para remoção de um acabamento já existente é o uso de materiais abrasivos comumente referidos como “lixa de papel”.

. Remoção química de tinta velha em madeira:
Existem vários compostos químicos à venda como removedores de tinta ou de acabamentos.

A maioria deles contém Cloreto de Metileno ou N-Metil-2- Pirrolidona (“NMP”) como ingrediente ativo.

Estes compostos são aplicados generosamente, usualmente com pincel, sobre o acabamento existente, e rompem a aderência entre a madeira e o acabamento.
Se o acabamento existente consistir de várias camadas, aplicações múltiplas poderão ser necessárias.
O acabamento antigo deve ser removido da madeira enquanto estiver úmido e amolecido usando-se uma raspadeira e/ ou esponja de limpeza.

 – Clareamento da madeira:

Se a superfície da madeira requerer a remoção de um acabamento antigo, todos os vestígios de tinta, verniz e corante devem ser removidos e a superfície deve receber por inteiro uma lixação uniforme com papel de granulação média (120-180).
clareamento da madeira
Se, após a lixação, a madeira estiver tingida por qualquer corante penetrante remanescente que de algum modo irá prejudicar o novo acabamento, um agente clareador feito com ácido oxálico pode ser aplicado para diminuir a intensidade da cor.
Se um agente deste tipo for usado, todos os seus resíduos devem ser removidos posteriormente, porque eles poderão afetar as propriedades dos revestimentos subsequentes.

Se desejar uma aparência mais nova ou mais clara para a madeira, deve-se tratá-la com uma ou mais aplicações de uma solução de peróxido de hidrogênio para clareamento de madeira.

Este produto clareia a aparência da madeira clareando o seu tanino natural.

O clareamento por peróxido de hidrogênio também pode remover da madeira certas manchas indesejadas como as causadas por água, mas este tipo de produto não é indicado para remover corantes para madeira que tenham sido aplicados previamente.

Após a aplicação final do clareador de hidróxido de hidrogênio, deve-se permitir que a madeira seque completamente antes que qualquer corante ou revestimento seja aplicado.

Sob condições ideais, 68-70°F (20-22°C) e 40-50% de umidade relativa, o tempo de secagem será no mínimo 72 horas.

 – Remendos – Massas de enchimento para madeira

enchimento para madeiraSe estiverem faltando porções da superfície da madeira, devido a lascas, cortes, etc., uma massa de enchimento para madeira poderá ser usada para correção.

Massas de enchimento para madeira estão disponíveis em formulações à base de solvente e de água. Ambas estão disponíveis em uma variedade de cores que coincide de forma aproximada com a madeira ao redor.

As massas de enchimento à base de solvente geralmente secam mais rápido.

Todas as aplicações da massa de enchimento para madeira devem ser feitas em uma quantidade que permita que a massa quando seca, possa ser lixada de forma a se nivelar com a superfície da madeira.

Uma palavra de alerta é necessária aqui:

A maioria das massas de enchimento contém resinas que infiltram e ajudam a criar uma ligação com a madeira ao redor.
As resinas podem afetar a penetração de corantes subseqüentes.

Por isso, quando lixar a massa de enchimento, recomenda-se que a superfície da madeira imediatamente ao redor também seja lixada para remoção das resinas.
Isto é especialmente válido se a massa de enchimento tiver sido usada para preencher perfurações feitas por prego.

Se não forem retirados por lixação, os restos de resina circundando as perfurações preenchidas podem criar um relevo circular ao redor de cada orifício depois que o corante for aplicado.

Recomenda-se, portanto, que perfurações por prego sejam preenchidas com massa tingida para coincidir com a cor final da madeira, somente depois que a primeira demão de um revestimento transparente tiver sido aplicada.

A maioria das massas para enchimento pode ser tingida com a adição de pigmentos, corantes ou tinturas.

Existem massas de enchimento à base de água que não contêm resina.

Estes enchimentos podem ser reconstituídos com água.
FAVOR OBSERVAR que massas para enchimento de fibra de madeira (veja abaixo) não são formuladas para enchimento de orifícios, lascas, cortes ou rachaduras e não devem ser utilizadas com estes propósitos.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Jeremy Burgin, williefogg