Massa Corrida para Ambientes Internos e Externos

Escrito por

Não existe obra bem acabada sem o uso da massa corrida – e é preciso escolher o tipo correto.

De um pequeno banheiro à aparência externa de um edifício, ela está lá, aperfeiçoando superfícies e formatos. Ela é utilizada para emassamento, revestimento e rebocos.

No entanto a massa corrida para ambientes internos é diferente da de superfícies externas. Atualmente, além da massa corrida comum, existem as massas corridas acrílicas, PVA, multiuso (ou multimassa), para calafetar, massa plástica e para madeira.

Veja a seguir qual a massa indicada para cada caso.

Massa Corrida para Ambientes Internos: PVA

massa corrida tetoA massa corrida PVA é de aplicação bem simples, e de fácil lixamento.

É indicada para ambientes internos de base em concreto, gesso, alvenaria ou fibrocimento. Com ela é possível rebocar, assentar e revestir tanto paredes como tetos.

Leva cerca de 4 horas para secar, deixando um resultado bem nivelado e liso.

A massa corrida PVA nunca deve ser empregada em superfícies externas, pois não resiste satisfatoriamente à umidade.

Quando Usar a Massa Acrílica

A resistência à intempéries faz da massa corrida acrílica a grande recomendação para superfícies externas. Sol, chuva, vento e grandes variações de temperatura não são páreo para ela.

Assim como a massa corrida de PVA, a acrílica realiza rebocos, assentamentos e revestimentos tanto de paredes como de tetos. No entanto, exige mais esforço na hora de lixar – ela é bem mais dura que os outros tipos.

A massa acrílica também tende a ser mais brilhante que as demais massas; no entanto a do subtipo acetinada é mais fosca.

Em ambientes internos, a massa acrílica pode ser usada em cozinhas, banheiros e áreas de serviço.

Massa Multiuso: Queimando Etapas

A massa multiuso possui todas as características básicas e finalidades da massa corrida comum: ela assenta, reboca e reveste tetos e paredes. No entanto, seu processo de acabamento é bem mais simples, podendo ser concluído com uma única demão.

Por conta dessa praticidade, ela costuma ser mais cara – afinal, sua composição química é diferenciada.

Para Colar, Use Massa Plástica

Se você precisa colar equipamentos hidrossanitários, tais como vasos sanitários junto ao chão e cubas que descolam da bancada da pia, a massa plástica é a opção.

Caixas d´água com defeitos ou desníveis de superfície e rachaduras em algumas pedras, como o granito, também podem receber massa plástica.

Massa Corrida para Madeira

massa corrida madeiraAlguns materiais exigem um tipo específico de massa só para eles.

É o caso da massa corrida para madeira, que pode ser aplicada tanto às superfícies externas como internas.

O seu uso é específico para as superfícies de madeira, tanto internas quanto externas. Para melhor se adaptar, algumas dessas massas corridas contam com uma gama de cores, que são baseadas em espécies diferentes de madeira.

Quando aplicada, tem a capacidade de nivelar qualquer superfície da madeira e corrigir possíveis imperfeições comuns a esse tipo de material, como bolhas e furos.

Massa para Calafetar: Resolvendo Marcas Profundas

Se a superfície apresenta rachaduras, trincas, fissuras ou danos mais profundos,como erosões ou frestas, opte pela massa de calafetar.

Ela apresenta uma plasticidade superior, preenchendo muito bem cada espaço. Ela não se torna quebradiça e fica bem firme, sem escorrer.

Se adapta bem a metais, vidros, plásticos e até madeiras: inclusive, possui um subtipo especialmente para estas últimas. Apenas superfícies de polietileno ou silicone são contra-indicadas.

Massa Decoratta: Alternativa à Massa Corrida

massa corrida paredeA massa Decoratta é bastante diferenciada das demais: seu intervalo de demãos entre uma camada e outra é bem menor e ela não exige lixamento ou pintura depois de secar.

Ela promove o aproveitamento total da mistura, chegando a ser 40% mais econômica em relação à massa corrida e 15% se comparada ao gesso.

A Decoratta permite a realização de efeitos finais vitrificados ou marmorizados bem lisos, refletindo a iluminação do ambiente.

Indicada apenas para ambientes internos.

Dicas para Aplicação de Massa Corrida

massa corrida paredeA limpeza da superfície é o pré-requisito obrigatório e universal para aplicação de massa de qualquer tipo. Retire rigorosamente toda e qualquer partícula que possa embolar com a tinta ou se soltar.

Atenção especial ao mofo: ele também deve ser completamente removido antes do inicio do trabalho.

Na hora de espalhar a massa, use de preferência uma desempenadeira. Além de ser mecanicamente mais fácil de utilizar, promove um maior aproveitamento do material. Desempenadeiras projetadas são o modelo ideal.

Espátulas também são permitidas, mas são um pouco menos práticas.

Respeite todas as instruções do fabricante, inclusive o tempo de cura da massa. Se sobrar e você pretender utilizar o restante em alguns dias, busque guardar a massa em pote bem fechado, longe do calor e sol direto. Quanto mais fresco o local, melhor.