JANELAS… como escolher? Critérios para a melhor escolha?

Escrito por

Janela Guilhotina

É formada por uma ou mais folhas, que podem ser movimentadas por deslizamento vertical, no plano da janela.

Vantagens:
Fácil operação.
Permite instalar grades, persianas ou cortinas.
Poupa os espaços ao redor, tanto interna como externamente.

Desvantagens:
A ventilação apenas se dá em 50% da abertura.
Dificuldade de limpeza na face externa.

Janela Pantografica (sanfona)

Formada por duas ou mais folhas articuladas entre si que, ao se abrir, dobra-se uma sobre as outras, por deslizamento horizontal ou vertical de seus eixos de rotação. Esses eixos podem coincidir com as bordas da folha ou se situar em posições intermediárias

Vantagens:
Ventilação regulável conforme a abertura das folhas.
Libera 100% do vão para ventilação.
Permite grades quando as folhas abrem para dentro.

Desvantagens:
Não permite boa estanqueidade ao ar e à água.
Ocupa espaço interno quando abre para dentro.

Janela Projetante e de Tombar

Formada por uma ou mais folhas, que podem ser movimentadas mediante rotação em torno de um eixo horizontal fixo, situado na extremidade superior ou inferior da folha.

 

Pode ser:

PROJETANTE - Quando o eixo fixo de rotação se localiza na extremidade superior; o movimento de abertura da folha pode ser para dentro ou para fora da edificação.

Vantagens:
No caso de projetante, possibilita boa ventilação, nas áreas inferiores, mesmo em dias de chuva; permite debruçar-se no vão aberto; boa estanqueidade ao ar e a água.,

Desvantagens:
Limpeza externa difícil; libera praticamente o vão; não permite o uso de fechamentos como persianas ou grades na parte externa ou interna.

DE TOMBAR - Quando o eixo fixo de rotação se localiza na extremidade inferior da folha pode ser para dentro ou para fora da edificação.

Vantagens:
No caso do tipo de tombar, ocorre boa ventilação, mesmo com chuvas; boa estanqueidade ao ar e a água; facilidade de limpeza.

Desvantagens:
Não libera o vão; difícil limpeza externa; incomoda na parte superior; necessidade de grande rigidez no quadro da folha para evitar deformações; acessórios de custo mais elevado.

Janela Pivotante

É constituída por uma ou varias folhas, que podem ser movimentadas mediante rotação em torno de um eixo horizontal no centro.

Vantagens:
Facilidade de limpeza da face externa.
P ermite direcionar o fluxo de ar para a direita ou para a esquerda.
Ocupa pouco espaço na área de utilização.

Desvantagens:
Dificuldade para instalação de tela, grade, cortina ou persiana. Projeção incômoda no interior do ambiente.