Instalação hidraulica – água quente planejamento!

Escrito por

 

 

 

 Instalação água quente – planejamento:

O que levar em conta quando for instalar a água quente.

Quando se pensa em uma instalação de água quente deve se levar em consideração alguns aspectos como:

1 – Garantir o fornecimento contínuo, em quantidade e qualidade suficientes.

2 – Preservar a qualidade da água conduzida.

3 – Fornecer o conforto adequado aos usuários da instalação.

4 – Visar o melhor uso da água quente, levando em consideração o consumo de energia.

Para isso devemos adotar a tubulação correta tendo em vista o objetivo final de se utilizar aquele sistema de aquecimento.

Devemos considerar a durabilidade da instalação, temperatura máxima de utilização, facilidade na execução da instalação e preço dos tubos e conexões.

Então vejamos vantagens e desvantagens de se utilizar algumas tubulações:

 Qual o melhor tipo de tubulação para se fazer uma instalação de agua quente?

O sistema predial de água quente é constituído por alguns componentes importantes como:

- Tubulação de água fria para alimentar o sistema de água quente.

- As fontes de aquecimento da água: aquecedores de passagem ou de acumulação (elétricos ou a gás), aquecedor solar.

- Dispositivos de segurança: Juntas de expansão, termostato.

- Tubulação para condução de água quente:  Cobre FG (ferro galvanizado), Cpvc (policloreto de vinila clorado), PPR (polipropileno copolímero random), Pex (polietileno reticulado).

- As peças de utilização para os pontos de consumo: chuveiro, torneiras, ducha.

 Tubulações e encanamento – o que usar?

 - (PPR) Polipropileno Copolímero Random

 

Os tubos e conexões em PPR operam com temperatura média de até 80°C ( graus celsius) , são projetados com média de vida útil de 50 anos.

Eles apresentam enorme praticidade de instalação e são isentos de roscas , anéis de borracha ou adesivo plástico .

Sua conexão é feita pelo processo de termofusão ,onde o tubo e a conexão são aquecidas e se fundem tornando-se uma tubulação contínua , essa união é feita através do termofusor , a uma temperatura aproximada de 260°C .

 Vantagens : Material atóxico , livre de corrosão.
Suporta picos de temperatura , é isento de incrustrações .

Desvantagens : Requer uso de mão de obra especializada.
Exige equipamento de instalação apropriado , o processo de instalação é mais longo .

O PPR pode ser utilizado em instalações residenciais e prediais, como por exemplo ; residências , edifícios e imóveis comerciais que necessitam de alta durabilidade e o mínimo de manutenção.

Lembrando que cada parada para manutenção da rede , gera um enorme transtorno para os usuários.

Entende-se que se a instalação de água quente for bem executada , ou seja , se todas as normas de instalação forem obedecidas , sem sombra de dúvida o PPR torna-se um dos melhores tipos de tubulação para se usar em uma instalação de água quente , podendo substituir a instalação de tubulações de cobre ,ainda com benefícios financeiros , pois, o cobre é em média 20% mais caro que o PPR.