ESCADAS em CONCRETO ARMADO… como construir?

Escrito por

Escadas Retangulares…

Serão consideradas as escadas armadas transversalmente, longitudinalmente e em cruz, as escadas com patamar e as com laje em balanço, além das escadas com degraus isolados engastados em viga reta e as escadas em cascata.

Escadas armadas transversalmente

Sendo “l” o vão teórico indicado na Figura 7 e “p” a força total uniformemente distribuída, os esforços máximos, dados por unidade de comprimento, são:

Denominando-se a armadura de distribuição de Asdistr, obtém-se:

 

 

 

O espaçamento máximo das barras da armadura principal não deve ser superior a 20 cm.
Já o espaçamento da armadura de distribuição não deve superar 33 cm.
Este tipo de escada é comumente encontrado em residências, sendo construída entre duas paredes que lhe servem de apoio.
Neste caso, não se deve esquecer de considerar, no cálculo da viga-baldrame, a reação da escada na alvenaria.

Escadas armadas longitudinalmente


O peso próprio é em geral avaliado por m2 de projeção horizontal.

É pouco usual a consideração da força uniformemente distribuída por m2 de superfície inclinada.

Conforme a notação indicada na Figura 8, o momento máximo, dado por unidade de largura, é igual a:

Supondo as mesmas condições de apoio nas duas extremidades, a força resultante projetada na direção do vão inclinado irá produzir as reações de tração na extremidade superior e de compressão na extremidade inferior.

As tensões produzidas são pequenas e em geral não precisam ser levadas em consideração.

As extremidades poderão ser engastadas e, para este caso, deverão ser consideradas as devidas condições estáticas.

Tanto no dimensionamento quanto no cálculo da armadura mínima, utiliza-se a altura h (Figura 8).