Prédios Sustentáveis com Certificação Ambiental

Escrito por

O mercado da construção civil está sendo revolucionado pelos critérios de certificação ambiental, tanto para prédios residenciais quanto edifícios comerciais. Conheça as vantagens, desafios e empresas certificadoras.

Embora para o consumidor brasileiro a ideia de sustentabilidade ainda seja confundida com ecologia, rusticidade e baixa qualidade, a certificação ambiental em geral tem ganhado cada vez mais terreno no país.

Afinal, ela acaba gerando economia para os habitantes e frequentadores, ao mesmo tempo em que diminui o impacto ambiental gerado pelas construções, que hoje representa cerca de 40% dos impactos totais no Brasil.

Saiba mais a seguir.

Características da Certificação Ambiental na Construção Civil

casa projeto ecologia certificaçao ambientalA área da construção civil está servida de diferentes tipos de certificações ambientais: para edifícios habitacionais, escritórios, edifícios escolares, hospedagem, bairros e loteamentos.

Para adquirir um selo, quatorze critérios são avaliados em quatro diferentes modalidades:

  • Eco-Construção: escolha do material para a construção, relação da edificação com o ambiente ao redor e processo de construção com baixo impacto ambiental;
  • Eco-Gestão: gestão da água, da energia elétrica, dos resíduos de funcionamento do prédio e a própria manutenção da performance ambiental;
  • Saúde: qualidade sanitária do ar, da água e dos ambientes;
  • Conforto: conforto visual, olfativo e acústico.

A entidade escolhida para realizar a certificação realiza três auditorias durante o projeto do prédio e da obra. No entanto, quem estabelece as diretrizes é a norma NBR 15575 (ABNT, 2013), que está em consonância com padrões internacionais de sustentabilidade.

Vantagens dos Edifícios com Certificação Ambiental

prédio árvore ecologiaEmbora qualquer processo de certificação seja exigente e trabalhoso, existem grandes vantagens em adquirir o selo ambiental na hora de construir.

A qualidade ambiental dos edifícios implicam num aproveitamento muito mais eficiente de recursos como água e energia, gerando uma economia colossal. O investimento em processos menos poluentes e materiais mais inteligentes retorna em no máximo seis anos.

Esses empreendimentos verdes reduzem o consumo de água em 50%, de eletricidade em 30%, 35% na produção de CO2 e em 90% do descarte de resíduos oriundos das obras.
Além disso, o imóvel de empreendimentos verdes são mais valorizados e retem as pessoas por mais tempo. Além disso, o prédio demora muito mais para entrar em obsolescência.

Na etapa de construção, os trabalhadores sofrem menos acidentes e problemas de saúde.

Ainda que não estejamos preparados para levantar um prédio 100% sustentável, o Brasil já possui 95% da tecnologia e recursos para chegar lá.

Conheça Quatro Certificadoras Ambientais para Construção Civil

LEED

O sistema LEED é aplicado pelo United States Green Building Council (Conselho de Construção Verde dos Estados Unidos). Está diretamente envolvido com a certificação de processos de projeto, construção e gestão de edifícios.

Ele avalia e pontua quesitos como entorno, localização, eficiência no consumo de energia e água, materiais e outros.

Processo Aqua

Aqua, que significa Alta Qualidade Ambiental, é um processo da Fundação Vanzolini para assegurar a qualidade ambiental de empreendimentos imobiliários em curso ou em situação de reabilitação.

Eles avaliam as necessidades de desempenho do projeto, concebem um plano de adequação a ser implementado, corrigindo eventuais desvios, avaliam a realização e promovem auditoria da operação. A construção ganha certificações conforme a fase aprovada.

DGNB e Breeam

Uma certificadora alemã, a DGNB audita edifícios residenciais, comerciais, loteamentos e bairros. É uma das entidades com critérios mais abrangentes, incluindo qualidades ecológica, social, econômica, técnico-funcional, processo e localização.

Na Alemanha, ela inclusive gera benefícios fiscais ao empreendimento.

A inglesa Breeam funciona da mesma forma que a DGNB, também proporcionando descontos fiscais em seu país de origem.

Outras Certificadoras

A Procel Edifica emite selos para três sistemas contidos em construções: envoltória, iluminação e condicionamento do ar. Isso inclui elevadores, bombas centrífugas e iluminação. Ou seja, se limita somente a essas áreas.

A Caixa Azul, da Caixa Econômica Federal, se limita a edifícios habitacionais, avaliando critérios como projeto, conforto, qualidade urbana, eficiência energética e de água, entre outros.