Decore Ambientes com a Pedra São Tomé

Escrito por

 

A pedra São Tomé é original da cidade de São Tomé das Letras, em Minas Gerais, e cerca de 70% de sua população trabalha, direta ou indiretamente, com o mineral, comercializando-o para o Brasil e para o restante do mundo.

Por conta de sua alta porosidade e resistência térmica, a São Tomé (ou quartzito) é mais conhecida pelo revestimento de áreas externas, como decks e entornos de piscinas.

No entanto nos últimos anos ela também caiu nas graças da decoração de interiores.

Conheça a seguir todo o potencial decorativo da pedra São Tomé.

Decoração Externa com a Pedra São Tomé

pedra são toméA pedra São Tomé tem o poder de se fundir com a paisagem natural, tornando-se praticamente parte dela.

Sua compatibilidade com ambientes externos só aumenta se levarmos em conta sua já citada porosidade, absorvendo água da chuva ou entornos molhados e pouca variação térmica, não esquentando muito com o sol forte.

Dessa forma, é uma das preferidas na hora de revestir pátios, decks de piscinas, áreas de churrasco, caminhos e calçadas domésticas.

Como é muito resistente e suporta grandes pesos, pode ser utilizada inclusive em pisos de garagens.

pedra são toméA manutenção da São Tomé é simples e, se bem cuidada, sua durabilidade é pela vida inteira.

Mas não é apenas o piso que se beneficia dela: paredes externas e fachadas podem ser revestidas com a São Tomé, protegendo-as do mofo e da umidade.

Para aumentar esse potencial, vale a pena passar uma camada de resina sobre a pedra.

Áreas externas permitem todo e qualquer cor de pedra São Tomé: branca, amarelada, marrons e alaranjadas.

Ambientes Internos Decorados com Pedra São Tomé

Já há alguns anos a pedra São Tomé deixou de ser exclusividade de paisagistas e ganhou a preferência também de arquitetos e decoradores de interiores, que tem levado a rocha para dentro das residências.

pedra são tomé decoraçãoEla está por toda parte: salas, banheiros, cozinhas e até mesmo quartos – não apenas no piso como também em paredes, sobretudo com o uso de sua versão Canjiquinha (filetes), muito popular no momento.

A São Tomé vai muito bem em imóveis localizados em áreas verdes e montanhosas: ela traz para dentro de casa a atmosfera rústica da região, mas sem perder a elegância.

Para ampliar esse efeito, projete janelas grandes, que facilite a visão do exterior do imóvel.

Durante as épocas mais frias é possível “aquecer” o ambiente simplesmente jogando um tapete sobre o piso em São Tomé.

Apartamentos em áreas urbanas também podem ficar ousados e sofisticados com o uso da São Tomé. Aqui, a proposta passa pelos tons mais frios, como o branco e o acizentado.

Formatos e Medidas da Pedra São Tomé

A São Tomé pode ser encontrada desde o formato pedrão (principalmente para jardins e calçamentos) até filetes para revestir paredes, também conhecidos como Canjiquinha.

A pedra São Tomé possui algumas versões, entre elas as de corte rústico, serrado, mosaico, borda de piscina e degraus.

O corte rústico (ou manual) é feito com talhadeira e suas bordas ficam mais irregulares; já o serrado utiliza ferramenta diamantada e seu contorno fica bem liso e regular.

Outros formatos da São Tomé são o cacão (pedaços grandes e rústicos), caco (lascas menores que o cacão), filetes e rodapé (mais longos e lineares)

No entanto o cliente pode solicitar praticamente qualquer tipo de corte e polimento: ela é muito versátil.