DECORAÇÃO da casa e as CORTINAS!

Escrito por

 

Para a decoração de seus ambientes, é muito importante o uso das cortinas.

As cortinas têm uma função além de estética, funcional.

Elas deixam seu ambiente mais aconchegante e bonito além de participar da composição das cores do espaço em questão, por exemplo, um living, onde todos os tecidos se combinam; o do sofá, das almofadas, das cortinas, do tapete, enfim, e assim criam uma atmosfera de conforto e equilíbrio.

As cortinas formam uma barreira entre o exterior e o interior do ambiente.

Filtram a luz do dia, e assim conseguem criar uma certa harmonia dentro do espaço interno, com relação a intensidade adequada de luz que irá entrar no ambiente em questão.

Além disso, elas ainda têm a função de trazer maior intimidade para o espaço, já que criam barreiras visuais entre o lado externo e o interno decorado.

Como exemplo, podemos citar o uso de cortinas especiais, chamadas de blackout usadas em salas de home theater, que bloqueiam a passagem total da luz para dentro do ambiente, e criam a atmosfera adequada para um “cinema”.

Como usar sua cortina na decoração?

cortinas tecidos

 

Na hora de escolher sua cortina, atente para o tamanho do vão a ser coberto.

É muito importante aqui calcular pelo menos 15 a 20 centímetros a mais em cada lado da janela, ou porta em questão.

Por exemplo: se seu vão de janela tem 1 metro, calcule um vão de 1,40 metros no mínimo na largura.

Na altura, a cortina deve ser instalada acima da janela, considerando o tipo de acabamento a ser usado (leia a seguir).

Pode ser usada em ambientes como escritório, suítes, sala de jogos, cozinha ou até um lavabo.

Nestes tipos de ambientes também podem ser usadas cortinas curtas, cobrindo o vão da janela, mas, deixando no mínimo os 15 a 20 centímetros de tecido abaixo do final da janela (barra da cortina), na altura.

Para os ambientes das áreas sociais, mais nobres da casa, por exemplo, living e sala de jantar, além da suíte master, cabe outro tipo de aplicação:

procure usar o vão da parede toda, além do vão da janela; se possível, para dar um caimento bom na cortina, além de emoldurar o espaço e aumentar a sensação de um lugar aconchegante.

Nestes ambientes, sempre usar as cortinas de cima, mais compridas na parte inferior, para ampliar mais o pé direito do espaço.

Para pendurar a sua cortina existem diversas maneiras diferentes, que dão um toque especial ao seu ambiente, de acordo com a decoração em geral usada, o tipo de mobiliário escolhido, e até a forma como será usada no dia-a dia.

Cortineiro no forro

- usado quando se deseja rebaixar o forro.

decoração

Pode ser criado um rasgo no gesso da largura do vão da janela, mais os 20 centímetros de cada lado, por uma profundidade de 15 centímetros, para embutir o trilho da cortina e escondê-lo.

Nesse exemplo é muito nítida a preocupação e delicadeza de como foi resolvida a questão; apenas aparecer a cortina, dando ênfase ao seu caimento, tecido e peso.

Esse tipo de cortineiro é muito usado atualmente, principalmente em ambientes com uma decoração mais moderna.

Proj.: Vânia Garcia