Como se Faz a Cura do Concreto

Escrito por

A cura do concreto é o nome dado ao trabalho que o concreto realiza enquanto está endurecendo.

É fundamental uma boa cura para se obter um concreto resistente e de qualidade.

Para realizar a cura, é preciso molhar continuamente a superfície do concreto logo após o endurecimento do mesmo durante pelo menos os primeiros sete dias.

No caso de uma laje, ela deve ser molhada levemente com auxílio de regador ou mangueira.

O Processo de Cura do Concreto

cura concretoO concreto fresco exposto ao sol e ao vento perde muito rapidamente por evaporação a água da mistura, antes que tenha endurecido.

Como essa água é indispensável, resultará em um concreto fraco.

Por isto se fazem necessárias medidas que visem impedir aquela evaporação, ou seja, proceder a cura do concreto.

O fator mais importante na cura do concreto é promover uma ação que garanta água suficiente para que todo o processo de reação química do cimento se complete.

Se o concreto não for curado, ficará sujeito à fissuras em sua superfície.
Um concreto não curado, ou mal curado, pode ter resistência até 30% mais baixa, além de ser muito vulnerável aos agentes agressivos, devido a grande quantidade de fissuras que se formam, às vezes imperceptíveis a olho nu.

Quanto Tempo é o Ideal para Molhar uma Laje?

É necessário a molhagem freqüente do concreto evitando que a superfície chegue a secar.
Agora, uma dica simples para que a laje fique úmida por mais tempo tempo é a seguinte:

a) junte os sacos vazios de cimento, molhe-os bastante e coloque-os em cima da laje.

b) Aplicação de folhas de papel , de tecidos (aniagem, algodão) ou camadas de terra ou areia (com espessura de 3 a 5 cm) mantidos úmidos durante o período de cura.

c) Aplicação de lonas ou lençóis plásticos impermeáveis, de preferência de cor clara (para evitar o aquecimento excessivo do concreto).
A prática mais comum é molhar o concreto por aspersão de água (mangueira), e/ou usar panos ou papel para reter a umidade junto ao concreto o máximo possível.

Assim, você faz com que a laje fique úmida mais tempo, evitando que a água evapore rapidamente.

A duração da cura deve ser de pelo menos sete dias, no caso de cimento Portland comum (pois nesse período o cimento irá desenvolver aproximadamente 60% da sua resistência final) e de 14 dias, no caso de cimento Portland de alto-forno e pozolânico.

No entanto, quanto mais tempo durar a cura (até 3 semanas), melhor será para o concreto.

Existe a chamada cura química que consiste em aspergir um produto que forma um película na superfície do concreto e que impede que haja evaporação da água do concreto.

A cura mais eficiente é a cura a vapor que ao mesmo tempo que garante a umidade necessária ao concreto, acelera a velocidade de ganho de resistência pelo aquecimento.

Por Que Acontecem Rachaduras e Infiltrações?

cura concretoNa maioria das vezes as rachaduras aparecem pois a cura não foi bem feita. Para que isso não aconteça mantenha a laje úmida durante 7 dias.

Quando a cura do concreto não foi feita corretamente, proporcionando o aparecimento de rachaduras, ou quando a laje permite acúmulo de água criando poças, ocorrem infiltrações.

Para evitar rachaduras molhe a laje durante sete dias; para evitar a formação de poças, faça a laje com caimento e escoamento para água.

O Que Pode Atrapalhar a Cura da Laje?

A cura é a forma de garantir que o concreto fique úmido pelo tempo certo, isto é, sete dias.

É durante esse período que podem haver alguns problemas de clima que atrapalham a cura como ventanias, muito calor e baixa umidade do ar.

No caso do calor, aqui vai uma dica simples: no verão, evite fazer laje ao meio dia, quando o sol está muito forte. Procure os períodos de menos calor.