Como Escolher um Rodapé

Escrito por

 

O rodapé é colocado no encontro do chão com a parede de um ambiente e é considerado um acabamento do piso.

Além de proteger contra o acúmulo de poeira e água nos cantos do ambiente, choques e danos à pintura da parede, o rodapé tem uma função decorativa de arremate, causando impacto visual.

Ele pode transformar a decoração de uma casa: quando bem colocado pode deixar o espaço muito mais elegante.

Existe uma grande variedade no mercado de texturas, estilos, materiais, formatos que ampliam as possibilidades na hora da decoração.

Características Básicas do Rodapé

É importante saber que o tamanho de um rodapé pode variar até 8 centímetros entre um modelo e outro.

Atualmente, por conta das tendências de decoração, existem rodapés de até 20 centímetros – mas é bom ter cuidado, já que um rodapé muito grande pode deixar um ambiente pequeno desproporcional.

Ele pode vir em diversas cores e materiais.

Cores de Rodapés

O rodapé não precisa ser da mesma cor do piso, mas uma dica interessante para não errar é combinar com a tonalidade das soleiras e portas.

Você pode investir em cores claras, como o branco, que combina com quase todos os tipo de materiais.

Mas, se quiser ousar um pouco mais, pode criar contrastes, como, por exemplo, os rodapés brancos no estilo MDF: eles são bastante usados em paredes escuras.

Rodapés em Porcelanato ou Cerâmica

rodape porcelanatoO porcelanato ou cerâmica tem um estilo mais sofisticado e pode ser usado em ambientes mais secos ou úmidos.

Em termos de durabilidade, ele é uma ótima opção.

Normalmente o rodapé é comprado no mesmo momento em que o piso e a largura geralmente é a mesma, mas é importante confirmar essa informação com o vendedor.

Os rodapés de porcelanato possuem um acabamento mais arredondado na parte de cima, que facilita na hora de limpar. A altura pode variar entre 6 a 8 centímetros no máximo.

Rodapés em Mármores ou Pedras

rodape marmoreOs pisos de mármores, pedras ou granitos tem como principal característica a durabilidade.

Existe uma variedade de cores e tonalidades, portanto o ideal é adquirir do mesmo fabricante do piso.

Cada marmoraria tem seu estilo e, mesmo que você tente comprar um tom parecido, a diferença pode ser grande depois.

Caso isso aconteça, opte por tons claros para o rodapé, pois geralmente combinam com tudo.

Outra dica é combinar com os pisos de porcelanatos.

Rodapés em Poliestireno

rodape poliestirenoO poliestireno é ideal para ambientes muito úmidos, pois o miolo é feito de isopor reciclável.

Então quando você lavar não terá problemas com o empenamento como acontece com a madeira, por exemplo.

Por usar o isopor reciclável, esse tipo de piso é um ótimo aliado do meio ambiente, além de serem os mais usados pelos arquitetos e decoradores.

Rodapés em Madeira

rodapé madeiraO estilo madeira maciça é talvez o mais clássico dos rodapés.

Os rodapés, em geral, são comprados em lojas de materiais de construção ou madeireiras, e vem sem verniz.

É importante, antes da instalação do rodapé, fazer um tratamento anti-cupim e depois passar um verniz de boa qualidade.

As melhores madeiras para rodapé são as maciças, ou de lei: jatobá, maçaranduba, paraju, cedrinho e cumaru.

Existem rodapés que já vem juntamente com o piso, como é comum com pisos laminados que imitam madeira. Além disso, na hora da compra, o valor do rodapé geralmente está embutido.

É importante prestar atenção no tamanho que você deseja, pois esse tipo de rodapé é vendido de 3 a 4 centímetros: se você quiser um maior, é preciso conversar com o vendedor.

Rodapés em MDF

rodapé mdfNormalmente, o rodapé no estilo MDF vem junto com os pisos laminados na mesma cor.

Ele é feito de marcenaria e, na maioria das lojas, é entregue cru ou em laca branca- ou seja, você pode pintá-lo da cor que preferir.

O MDF é muito sensível ao contato com a água.

Então é bom estar atento para evitar que ele estrague com a umidade.