CALHAS – Telhado um coletor de águas de chuva!

Escrito por

O aproveitamento das águas de chuvas!

O manejo das águas pluviais, historicamente representado por galerias pluviais, canais e áreas de retenção (hoje: piscinões), vem nas últimas duas décadas recebendo em muitos países do mundo a complementação por medidas como captação direta dos telhados, retenção temporária, aproveitamento e reinjeção no subsolo da chuva.

A idéia é de captar água de chuva antes que chegue no solo, onde normalmente se contamina e fica imprópria para uso.
As águas pluviais assim captadas servem, após o tratamento adequado, para muitos usos não potáveis.

Por que usar calhas ?

O uso de calhas previne ou evita os seguintes fatores:

. Umidade nas paredes junto ao chão, o que provoca rápida decomposição da pintura e do material que é feito a casa, formando uma faixa de tonalidade      diferente na parede da edificação;
. Apodrecimento dos beirados das construções;
. Danificação dos jardins ou calçadas, formando buracos onde caem os pingos do telhado
. Coleta das águas da chuva e armazenamento da mesmas em cisternas para sua reutilização como água de serviço, ou dependendo do tratamento que a água sofrer após a sua coleta, até mesmo para banho.

Se você pretende instalar um sistema para captar água da chuva!

Quer instalar um sistema para captar água da chuva? Existe uma continha que demonstra se vale a pena o investimento:

Precipitação média da região x área do telhado x 0,85 (fator de perda) = volume disponível por ano.

Numa casa de 4 pessoas, o ideal é que essa conta dê 120 mil litros (média de 10 mil litros por mês).

Para captar um volume razoável de água da chuva, a medida mínima do telhado é 100 m².

O coletor

Um telhado é um coletor de águas (chuva), e essas águas precisam ser escoadas sem empoçar nossa porta ou varanda… as calhas servem para recolher a água da chuva e conduzi-las para onde queremos.

As calhas protegem sua casa ou empresa de sérios danos provocados pela água. Não apenas de eventuais alagamentos causados por fortes chuvas, mas principalmente prevenindo as fundações de rachaduras e corrosões.

Elas evitam que as aguas vindas do telhado pinguem no chão e respinguem nas paredes externas. Muitos dos danos estruturais de casas e prédios são resultado direto da ação da água e da ausência de calhas.

Calhas não devem ser acanhadas ou ter pouca queda ….. cada pedaço (no caso de uma calha comprida) tem um cano condutor que leva a água até o nível do solo.

As melhores calhas são feitas em plástico – cobre – zinco, mas podem também ser de concreto – cimento, amianto e alvenaria.

Elementos de captação de água

Os elementos de captação de águas pluviais de coberturas compõem o sistema de coleta e condução das águas que vai desde o telhado propriamente dito até ao sistema público de destinação dessas águas (drenagem superficial e subterrânea da via pública).

Em geral os elementos de captação e condução são executados em chapas de ferro galvanizado, mas podem ser de PVC rígido, fibrocimento ou concreto armado impermeabilizado.

A colocação e fixação dos elementos de captação de água devem ocorrer pouco antes do arremate final do telhado e o engenheiro deve verificar os seguintes pontos antes de liberar a continuidade dos trabalhos, pois é prudente evitar retorno de operários sobre a cobertura para fazer reparos para não causar danos às telhas e acessórios e com isso provocar infiltrações e goteiras:

a)    conferir as emendas (soldas e rebites);

b)    verificar se o recobrimento mínimo é respeitado (8 cm em telhados comuns);

c)    fazer um teste de vazamento e caimento (ver se água fica parada em pontos da calha);

d)    ver se existem juntas de dilatação em calhas com mais de 20 m;

e)    verificar os pontos de impermeabilização.

fonte:UEPG