Banheiras – tudo para instalar a sua!!!

Escrito por

Para montar sua banheira, você deve seguir as especificações técnicas do manual de instrução de acordo com a empresa e o modelo escolhido para instalar e utilizar normalmente sua banheira.

Além disso, os tipos de acessórios escolhidos para sua banheira devem ser levados em conta, pois cada acessório pede uma instalação diferenciada.

Para a parte hidráulica, deve ser previsto um ponto de entrada de água para a banheira.

Para os registros deve ser previsto um ou dois pontos, dependendo do tipo de metal escolhido, para água quente e fria, ou uso de misturador (um para água quente e outro para água fria) ou um ponto para monocomando (água quente e fria).

Se você optar pela banheira com ducha manual, deve ser previsto um ponto para ela, que funcione independente da abertura de água da entrada da banheira.

Ainda na parte hidráulica deve ser feito um ponto de saída de água da banheira, junto com um ladrão: é o ralo, que sairá junto com o esgoto da casa.

Para a parte elétrica deve ser previsto um ponto de energia para ligar a banheira.

Normalmente usa-se um ponto de 220V, mas você deve verificar junto ao fabricante do modelo escolhido.
Além desse, se for incluso algum acessório como tv, som, devem ser previstos os pontos respectivos também.

Sua banheira acompanha pelo menos uma bomba de funcionamento, a qual deve ser prevista em algum lugar de fácil acesso para manutenção.
Geralmente deixamos próximo da lateral e criamos uma portinha em mármore, possível de acessar para facilitar alguma manutenção futura.

Ainda dependendo do modelo e acessório escolhidos para sua banheira, pode haver mais de uma bomba, a qual também deve ter acesso à manutenção, podendo precisar também de ventilação; então, essa portinha de mármore pode ter sulcos para criar a ventilação necessária à bomba.

Para a instalação, você deve verificar se prefere colocar sua banheira direto no chão, criar uma base de alvenaria, ou pode ainda usar um modelo que não necessite dessa preocupação, como é o caso das banheiras vitorianas.

Se sua idéia é criar uma base de alvenaria, você deverá revestir a lateral e o topo da banheira com algum material resistente; indicamos aqui o uso de granito, mármore, ou algum dos seus sub-materiais como o marmoglass, por exemplo.
É importante lembrar que deve-se ter o cuidado de criar os acessos para manutenção das bombas.

Você pode usar a criatividade e projetar nichos laterais, degraus para apoiar itens de banho e decoração, entre outras idéias.

Neste exemplo abaixo, a arquiteta usou acabamentos como marmoglass, pastilhas de vidro branco, decjk de madeira com lambri de madeira também.
O ambiente ficou amplo e muito sofisticado.


A partir de agora ficou mais fácil definir, projetar e instalar sua banheira.

fontes:  Proj. Roberta Devisate design em arquitetura – Foto Leonardo Costa MCA studio