Dicas de Aplicação de Papel de Parede

Escrito por

Papéis de parede podem transformar completamente um ambiente. Com algumas dicas de aplicação e instalação, os efeitos podem ser otimizados.

Atualmente, com as opções em TNT e vinílica, qualquer cômodo da casa pode se beneficiar do papel de parede, inclusive banheiros, cozinhas e terraços.

Veja a seguir como fazer uma instalação perfeita e conheça dicas especiais de aplicação.

Como Calcular a Quantidade Certa de Papel de Parede

rolos papel de paredePapel de parede é um material que pode ser comprado pela internet sem problemas. No entanto a maior parte dos clientes ainda prefere ter acesso à textura real do mesmo em lojas especializadas.

Independente da opção mais conveniente, é fundamental ficar atento para a metragem que você precisa adquirir. O importante é que não falte nem que sobre demais.

Você precisa calcular corretamente a área a ser coberta; se for uma parede inteira, por exemplo, multiplique a altura pela largura com uma trena, para obter a metragem quadrada.

Alguns fabricantes fornecem papel de parede por metro linear (também conhecido como metro corrido); ou seja, você pode escolher a metragem exata de que precisa, e ela é cortada sob medida. Outros, apenas em rolos completos.

Fique sempre atento não só ao comprimento do papel de parede como também à altura da peça.

esquema paredesSe possível, tente prever possíveis encaixes de estampas e aonde ficarão os cortes de janelas, portas e tomadas. Para isso, peça amostras para a loja ou site que você pretende fechar negócio.

O ideal mesmo é levar até a loja um desenho da(s) parede(s) que pretende cobrir, com todas as medidas de cada elemento (veja esquema ao lado).

Nunca cubra rodapés ou sancas.

Cuidados para Instalação de Papel de Parede

A primeira grande regra é aguardar até o fim da obra para aplicar o papel de parede. Assim você vai evitar que outras atividades de reforma manchem ou arranhem o papel de parede. Ele deve ser o último item a ser instalado no ambiente.

aplicação papel de paredeÉ na fase de reforma que a parede deve ser minuciosamente investigada: certifique-se de que não há infiltrações ou outras ocorrências de umidade, que a fiação elétrica está em dia e que não há fissuras, trincos, rachaduras ou buracos.

Qualquer um desses problemas pode danificar o papel de parede, exigindo sua retirada em curto espaço de tempo. Resolva o desgaste sempre antes da instalação.

A superfície da parede deve estar perfeitamente lisa. Mais que isso: você deve investigar melhor sua natureza para que a colagem do papel fique perfeita.

Paredes mais porosas, por exemplo, absorvem a cola com muita rapidez, atrapalhando na aderência do papel de parede. Neste caso, passe pelo menos duas camadas de cola.

Paredes estucadas devem receber uma camada bem líquida de cola para papel ou um primer. Já as pintadas com tinta acrílica ou à base d´água, o papel pode ser aderido normalmente. No entanto, se a tinta for brilhante, lixe-a antes.

A princípio paredes que já possuem papel de parede podem ser revestidas com o novo papel de parede por cima – a menos que a estampa de baixo transpareça, ou que o papel de parede mais antigo apresente falhas ou solturas.

O papel de parede mais simples de instalar é o colante, mais indicado para quem deseja fazer a aplicação sozinho. Os semi autocolantes já vem com cola, mas esta precisa ser ativada com um pincel embebido em água.

Papel de parede sem cola necessitará de cola especial para esse fim, que poderá vir em galões ou em pó, para preparo. Em geral é vendida pelas próprias lojas de papel de parede ou nas de material de construção.

A cola líquida, por ser mais forte, deve ser adotada para papéis vinílicos. Ela já vem pronta para uso.

Já a em pó é indicada para papéis mais leves. Ela deve ser diluída em 1 litro de água fria para cada rolo, ou em meio litro para faixas e meias paredes. Qualquer recipiente poderá ser utilizado, já que é neutra.

É comum que no início do preparo surjam bolhas, que se dissipam aos poucos. Mexa até que a misture se torne transparente. Deixe-a descansando por duas horas e só então realize a aplicação.

Ideias para Aplicação de Papel de Parede

quarto papel de paredeFoi-se o tempo em que a única opção era ornar todas as paredes do cômodo com papel de parede.

Atualmente é possível criar grandes efeitos mesmo em pequenas áreas – o que também é uma ótima saída se você se apaixonou por um modelo mas está com o orçamento limitado.

Outra grande vantagem é que, como a área é menor, você fica mais livre para aderir à estampas elaboradas e cores mais fortes.

Uma das alternativas mais em alta na decoração contemporânea é escolher apenas uma parede para aplicar o papel de parede. Assim ela se torna o foco do ambiente.

Outra ideia é a aplicação em meia parede, de preferência a partir do chão até a metade. É uma excelente saída para cômodos que possuem decoração carregada, com móveis de design mais antigo e pesado, cores fortes e muitos objetos.

Uma simples faixa no meio da parede, na horizontal, também possui esse mesmo efeito harmonizador em decorações excessivas.

Teto: Se a sua intenção é aplicar o papel de maneiras menos tradicionais, o teto pode ser uma boa alternativa. O resultado será interessante e inesperado.