Como Ensinar seu Cachorro a Passear com Coleira

Escrito por

 

Algumas dicas simples para ensinar o cachorro a caminhar tranquilo na guia junto ao dono.

Primeiro Passo: Acostumando o Filhote com a Coleira

Se o seu cachorro ainda for um filhote, o primeiro passo antes de levá-lo pela primeira vez à rua é acostumá-lo a usar a coleira.

Coloque-a no cãozinho e deixe que ele se habitue, brinque, se alimente, faça atividades agradáveis enquanto ele estiver usando.

De preferência habitue o cachorro a usar sempre uma coleira leve e confortável que contenha um número de telefone ou endereço dos proprietários.

Não se esqueça de certificar-se sempre que a coleira não está apertada, pois os filhotes crescem muito rápido!

Nos Filhotes, Utilize Sempre as Coleiras do Tipo Peitoral

Devemos sempre utilizar um peitoral (harnês) para conduzir os filhotes, ao invés das coleiras de pescoço.

cãoIsto porque os filhotes são imprevisíveis, podem se assustar ou tentar brincar com todo tipo de coisas, e é importante ter um peitoral seguro e confortável que consiga conter o cão sem machucá-lo.

O pescoço do filhote ainda é frágil, de forma que um puxão mais brusco, mesmo que por acidente, pode causar ferimentos ou enforcamento do cãozinho.

Além disso, há ainda a parte comportamental.

Por ser uma região bastante sensível, os filhotes, ao sentirem pressão no pescoço, muitas vezes sentem medo e simplesmente se abaixam e permanecem imóveis.

Segundo Passo: Entendendo a Guia

O segundo passo será fazer o cão entender como funciona a guia.

Opte por uma guia resistente, porém leve, com um mosquetão seguro e adequado ao tamanho do cachorro.

Ainda dentro de casa, coloque a guia no peitoral que o cão já se habituou a usar e incentive-o com comida (por exemplo, a própria ração ou biscoito para cães) para que ele ande próximo de si.

Faça uma ligeira pressão na guia e chame o cão com a comida, para que ele associe a pressão na guia com se movimentar em direção a você.

Lembre-se que o instinto natural de qualquer animal é, quando sentir uma pressão, fazer força na direção contrária! Por isso o andar na direção da guia deve ser um comportamento ensinado com bastante tranquilidade e paciência.

Quando o cachorro já souber andar na guia dentro de casa, aí sim devemos começar a levá-lo para passear na rua.

Terceiro Passo: Saindo para a Rua

Idealmente o filhote deve conhecer a rua desde que seja separado da mãe, a partir das 8 semanas de vida.

cãoAté que termine o protocolo de vacinas, o filhote deve ser levado para passear ao colo para que se habitue aos barulhos, carros, multidões e demais situações que encontrará mais tarde no seu dia-a-dia.

Portanto, se o cãozinho já estiver habituado a sair de casa no colo, a transição para o passeio à guia não deve ser complicado.

Caso o filhote demonstre medo, utilize a mesma técnica usada em casa, incentivando-o com comida e carinho, para que ele se sinta mais confiante.

Resolvendo Problemas Durante o Passeio com o Cachorro

Cães que se enroscam nas nossas pernas: e agora?

Para cães que se enroscam nas nossas pernas quando andam à guia, devemos ensiná-los a andar somente de um lado em relação às pessoas.

Por praxe, ensina-se os cães a andarem do lado esquerdo, para que a pessoa tenha a mão direita livre – herança dos treinamentos de cães militares.

Porém, não há nenhuma regra, pode-se escolher o lado que for mais conveniente, isto não fará nenhuma diferença no aprendizado do cachorro.

Cães adultos que puxam à guia: o que fazer?

Caso o seu cão não tenha sido adequadamente ensinado a andar à guia e tenha adquirido o hábito de “arrastar” o dono para todo lado, há algumas técnicas para corrigir este comportamento:

  • cãesUtilize comida para manter o foco do cachorro e chamá-lo. Ensine-o, primeiro dentro de casa, a andar ao seu lado e recompense-o sempre que estiver calmo e sem puxar. Depois que estiver bem em casa, leve-o para passear em lugares calmos e só depois passe para as ruas mais movimentadas.
  • Não ceda aos puxões. Os cães puxam a guia porque aprenderam que é desta forma que conseguem ir aonde querem. Portanto quando o cão puxar, pare de andar e só recomece quando ele estiver calmo.
  • Se necessário, caso o cão não se acalme, mude a direção. Sempre que o cachorro começar a puxar numa direção, vire de costas e começe a andar para outro lado. Em algum tempo ele começará a perceber que deve se manter calmo se quiser continuar a andar na direção de seu interesse!

Estas técnicas requerem um certo tempo e insistência até que o cão entenda como deve se comportar para atingir seus objetivos nas “novas regras”.

Lembre-se que puxar a guia sempre funcionou (para ele!) e ele vai demorar algum tempo para perceber a mudança. Mantenha-se calmo e tranquilo!