Os Vilões do Consumo de Energia Elétrica

Escrito por

 

Embora o uso do ar condicionado tenda a cessar com o fim do verão, outros eletrodomésticos começam a ser mais utilizados com a chegada de temperaturas mais baixas.

É o caso de boilers de água, aquecedores elétricos de ambiente e secadoras de roupas.

Além disso, aparelhos eletrônicos fazem cada vez mais parte de nossas vidas: computadores, fogões elétricos (cooktops), celulares e até mesmo bicicletas elétricas.

Saiba tudo sobre o consumo de energia: quanto gasta cada equipamento, dicas para economizar e como driblar o aumento da taxa de energia elétrica.

Cálculo Geral do Consumo de Energia Elétrica

Sua residência consome energia através de lâmpadas e aparelhos elétricos. Todos eles vem com a informação do quanto consomem em Watts (W).

Em primeiro lugar, você deverá dividir a potência em Watts do aparelho por 1.000, para transformar o valor em kilowatts (kW). Em seguida, basta multiplicar o resultado pelo tempo de funcionamento em horas.

Por exemplo: uma lâmpada incandescente de 100W que fica acesa durante 4 horas por dia consome 0,4kW por dia.

Para calcular o consumo dessa mesma lâmpada num mês, multiplique o consumo diário por 30, que resultará em 12 kW.

Para calcular o valor em reais desse consumo mensal, é só multiplicar os kW pelo preço da tarifa da sua região. Essa informação vem na sua conta de luz.

Você também pode calcular seu consumo automaticamente neste link.

Aparelhos que Mais Consomem Energia Elétrica

chuveiro elétrico

Segundo a Eletrobrás, os aparelhos que mais consomem eletricidade são, nesta ordem:

  • Boilers de água
  • Chuveiro elétrico
  • Aquecedores de ambiente
  • Secadoras de roupas
  • Aparelhos de ar condicionado (quanto maior os BTUs, maior o consumo)
  • Lavadoras de louça
  • Lavadoras de roupas
  • Cooktops
  • Ferro automático à vapor

Geladeiras de duas portas frost free, forno elétrico e microondas também são consumidores expressivos de energia.

Dicas para Domar os Vilões do Consumo de Energia

  • Um estudo realizado pela Universidade de São Paulo (USP) revelou que vale a pena substituir os boilers de água por chuveiros elétricos – ou, ainda melhor, por aquecedores à gás. Se o boiler ou o chuveiro elétrico forem inevitáveis, a dica geral é encurtar o banho ao máximo.
  • Para o banho de boiler não sair caro demais, ajuste seu termostato para 45 graus centígrados. Outra alternativa é pré-aquecer a água que será processada pelo boiler através de aquecedores solares.
  • Aquecedores de ambiente deverão ser ligados apenas quando os moradores estiverem em casa. Certifique-se de que portas e janelas estão fechadas. Ajuste o termostato para uma temperatura não muito alta e capriche no casaco!
  • A dica de portas e janelas fechados também se aplica quando o ar condicionado estiver ligado. Além disso, se for dia, feche cortinas e persianas: elas evitam que o calor dos raios solares aqueçam o ambiente, exigindo menos do aparelho.
  • Substitua sua secadora de roupa elétrica por uma a gás. Utilize o varal sempre que o dia estiver ensolarado ou o clima mais seco.
  • Se estiver na hora de comprar uma geladeira nova, prefira as de uma porta só.
  • Retire todos os alimentos da geladeira de uma só vez: evite ficar abrindo e fechando o aparelho. Mantenha o congelador sempre livre da formação de gelo em sua superfície. As borrachas das portas devem estar sempre aderentes. Evite instalar geladeiras e freezers em cubículos cercados por armários, que dificultam a circulação do ar e aumentam o consumo de energia.
  • Cooktops, forninhos elétricos e microondas devem ser dispensados sempre que houver a possibilidade de cozinhar ou aquecer a comida num fogão tradicional à gás. Fornos elétricos, inclusive, gastam tanto tempo quanto um forno tradicional para assar a comida – lembre-se disso.
  • Coloque o máximo de roupas permitido na máquina de lavar, mas sem sobrecarregá-la. Ajuste o equipamento para utilizar água fria ao invés de morna.
  • ferro de passarTroque o ferro à vapor por um modelo simples e umedeça as peças de roupa com um borrifador manual. Passe grande quantidade de roupas de uma só vez, começando pelas que devem ser passadas em temperatura mais baixa.
  • Na hora de comprar qualquer eletrodoméstico, verifique a classificação do selo Procell: aparelhos com tarja A são os mais econômicos e os E, os menos.