Como reconhecer alguns defeitos na pintura de seu carro?

Escrito por

Defeitos na pintura …

problemas e soluções !

Nas paginas seguintes voce poderá aprender a reconhecer o defeito na pintura de seu carro e saber qual a melhor solução a ser empregada.

Não se trata de ensinar a pintar, mas de dar dicas e argumentos para voce decidir junto ao pintor (oficina) e principalmente entender a proposta de solução que este lhe fizer.

São muitos os tipos de defeitos que podem aparecer numa pintura de carro, aqui voce vai conhecer dezenove !

 Perda de Brilho : A pintura fica fosca e sem Brilho.

Causas: mesclas de produtos de marcas diferentes quantidade insuficiente de catalisador nas massas e primers;
camada de massas e primers muito grossa ou muito fina;
tempo de secagem inadequado para lixamento;
lixas grossas usadas durante a preparação;
thinners e catalisadores inadequados;
thinners e catalisadores incompatíveis com o produto usado;
aplicação de tinta com a viscosidade baixa ( muito fina 0 aplicação da tinta sem respeitar o intervalo entre demãos;
falta de circulação de ar durante a secagem dos produtos;
tempo de secagem inadequado para lixamento e posterior polimento;
lixamento com lixa muito grossa para fazer polimento;
polimento com produtos abrasivos;
influência do clima (Dióxido de enxofre / Óxido de Nitrogênio) em combinação com a umidade
irradiação de raios UV;
maus tratos com a pintura;
lavagem em máquinas com cerdas grossas (Lava-Rápidos).

Solução : Em casos simples, polir.
Em outros casos, aguardar a secagem completa, lixar até obter a superfície uniforme e repintar.
Em casos graves, aconselhamos decapar (raspar) toda a peça e repintar.

Manchas D’água: A pintura apresenta manchas de formas circulares e esbranquiçadas.

Causas : secagem de água sobre superfície recém pintada;
excesso de camada de materiais;
quantidade insuficiente de catalisador nas camadas de pintura;
uso de catalisador e/ou thinner inadequado;
exposição da pintura à intempérie, sem estar totalmente seco.

Solução : Polir, ou nos casos mais críticos, remover as camadas que apresentam o problema e repintar novamente.

Sujeiras na Pintura: Em sua maioria são pequenas elevações irregulares na película de pintura que se produzem devido a partículas estranhas.

Causas : limpeza inadequada da superfície a ser pintada;
uso roupas e panos de limpeza inadequado;
problemas com a manutenção e filtros da cabine;
aspiração de ar contaminado.

Solução : Aguardar a secagem completa, lixar as sujeiras até que sejam niveladas, proceder o polimento.
Em cores claras dependendo da gravidade, lixar fazer uma boa limpeza e repintar corretamente.

Manchamento de cores metálicas: O manchamento da pintura pode ser identificado visualmente, em função da concentração de alumínio em pequenas áreas.

Causas: tipo de pistola inadequada;
falta de ajuste de pressão de ar;
vazão da tinta muito aberta ou muito fechada;
distância entre a pistola de pulverização e a superfície a ser pintada;
uso de catalisador e/ou thinner inadequado para a temperatura;
má condução da pistola durante a aplicação;
tinta aplicada muito carregada ou muito empoeirada;
tempo de intervalo entre demãos muito curto.

Solução : Aguardar a secagem completa, lixar a superfície e repintar somente com tinta de acabamento, sem necessidade de aplicar novamente o Primer.

Marcas de lixa: São ranhuras visíveis sobre a superfície pintada

Causas: lixamento feito com lixa de grana muito grossa;
tempo de secagem inadequado;
número insuficiente de demãos primer, não cobrindo marcas existentes;
número insuficiente de demãos de tinta.

Solução : Aguardar a secagem completa, lixar com lixa de grana mais fina e repintar.

 Rachadura (Trincamento): A pintura apresenta riscos ou cortes profundos.

Causas: pintura realizada com materiais de baixa qualidade;
incompatibilidade de sistemas;
aplicação da tinta sobre primer inadequado;
excesso de camadas de primer ou massa;
secagem insuficiente das camadas anteriores;
repintura feita sobre base velha, já trincada;
oscilações extremas de temperaturas.

Solução  : Decapar (raspar) as partes afetadas. Preparar a superfície e repintar corretamente.