Como Organizar uma Festa Junina ao Ar Livre

Escrito por

Tão típica da cultura nacional quanto o carnaval, a festa junina é uma tradição nordestina que é celebrada pelo resto do Brasil ao longo de todo o mês de junho – às vezes se estendendo pelo mês de julho também.

Seja em cidades do interior do Nordeste, seja nas grandes capitais da região Sudeste, os arraiás se multiplicam aos milhares. O que não faltam são convites.

E você, já pensou em organizar um festa junina particular ao ar livre, só para os seus amigos?

A seguir, ensinamos como.

Planejamento Inicial da Festa de São João

A primeira coisa a se levar em conta é o número de pessoas que potencialmente participarão da festa junina.

Como estamos falando de um evento que exige um bom grau de trabalho e produção, esta é uma festa que pode sair cara demais para um anfitrião sozinho.

Neste caso, a solução seria dividir o valor total da festa entre os convidados, ou vendendo convites.

Com a estimativa de participantes, será possível fechar um orçamento final: afinal, o número de pessoas é o que vai definir o volume de comes e bebes, de decoração e até mesmo da variedade de brincadeiras.

Evidentemente, se você vai bancar sozinho toda a festa, o orçamento inicial é que definirá quantas pessoas poderá chamar.

Festa Junina ao Ar Livre: Escolhendo o Local, Hora e Data

festa junina fantasiaSim, a festa junina ideal acontece num local aberto. Isso permite acender fogueira e acomodar barraquinhas de quitutes e de brincadeiras, por exemplo.

Se você não mora em uma casa com um bom quintal, verifique a possibilidade de alugar alguma ou pedir emprestada a de um amigo.

O ideal é que o lugar seja de fácil acesso às pessoas que serão convidadas: festas juninas envolvem uma boa produção, e nada pior do que pouca gente aparecer por conta de um endereço muito fora de mão.

Fatores fundamentais para evitar dores de cabeça é avaliar a qualidade da infra estrutura oferecida: há banheiros suficientes? Uma cozinha equipada para o preparo dos alimentos? Estacionamento seguro? O gramado está em boas condições?

A definição do horário deverá levar em consideração a lei do silêncio praticado na região. É muito importante respeitar a vizinhança.

Se o público for predominantemente infantil, o ideal é que a festa junina comece no início da tarde; se for adulto, pode ser no início da noite.

Escolha, ainda, uma data que não vai competir com eventos maiores e mais populares.

Valor e Venda de Ingressos

Se você optou por não bancar a festa sozinho, deverá estar atento à questão dos ingressos.

Primeiramente é importante definir o valor total da festa e o do público esperado, dividindo o primeiro pelo segundo para chegar ao preço de cada convite.

Lembre-se de que uma boa venda depende de uma boa divulgação da festa: para isso, monte uma página de eventos no Facebook, mande uma arte com os dados do arraiá via e-mail e Whatsapp e considere imprimir um número de folhetos para distribuir por pontos estratégicos da cidade.

Esse movimento deverá começar com no mínimo um mês de antecedência da data da festa.

Na divulgação, não apenas data, horário e local devem ser informados: o valor do ingresso e locais de venda também precisam estar claros.

Decoração da Festa de São João

fogueiraA decoração da festa junina deve conter tecido xadrez quadriculado em branco e vermelho, chitão e acabamentos em renda e fitas de cetim coloridas.

Como a sua festa é ao ar livre, verifique aonde poderá pendurar os barbantes com as tão tradicionais bandeirinhas coloridas – elas são essenciais!

Postes, árvores e bordas de telhados são boas opções. Barraquinhas de alimentos e jogos, idem.

A cereja do bolo será uma bela fogueira central. Certifique-se de que possui lenha suficiente para que permaneça acesa o tempo todo.

No entanto, existe uma tradição que não merece ser realizada: soltar balões. Depois de soltos, ao perder altitude, podem cair em florestas e até mesmo casas, causando incêndios potencialmente fatais e devastando a vida animal e vegetal.