Joias de ouro… desmistificando a cor!

Escrito por

O Ouro

Metal amarelo brilhante, dúctil, maleável, resistente a corrosão o ouro é o mais inerte de todos os metais. Pela sua resistência aos agentes atmosféricos, foi eleito como padrão de riqueza desde os tempos mais remotos.

Muitos objetos de arte e joalheria, altamente sofisticados, foram descobertos por arqueólogos em túmulos reais no sul do Iraque. Tendo sido feitos por volta de 3000 anos a.C..

Tambem os ourives da civilização Inca, no Peru, fizeram ornamentos martelando e gravando em relevo com ouro em 1200 anos a.C..

Cores do Ouro

Mantém-se sempre puro, mesmo quando ligado a outros metais. Para que possa ser transformado em jóia, por ser mole, o ouro necessita da adição de outros metais.
Essa união com outros metais é denominada liga, que também é responsável pela coloração do ouro.

Dependendo da porcentagem de cada um dos metais que compõem a liga, a cor do ouro pode variar entre o amarelo, verde, vermelho e branco.

ouro puro + prata e cobre              =    ouro amarelo

ouro puro + cobre                         =    ouro vermelho

ouro puro + cobre, zinco e niquel   =   ouro branco

ouro puro + cobre, prata, zinco      =   ouro verde

Desmistificando a cor

É muito comum ouvir expressões de que tal jóia é desta ou daquela procedência ou região em razão da sua cor.

Outros chegam ao absurdo de dizer que por ter tal cor não é ouro 18 K ou que o ouro de tal lugar é melhor.
Tais comentários não passam de puro desconhecimento sobre o assunto, até porque, o ouro puro é um metal, igual em qualquer lugar do mundo.

O ouro puro tem 24 k, e 75% de 24 é igual a 18.

Assim, uma jóia que possui 75% de ouro puro é uma jóia de 18 K (750/1000).
Os outros 25 % da jóia corresponde ao metal ou metais que farão parte da liga.
E a cor da jóia é definida pela seleção da composição destes 25% .

Ouro branco 18k

Para se obter ouro branco 18k

Acrescenta-se ao ouro(Au) 24k: 16,66% de paládio(Pd) + 16,66% de prata(Ag)

O ouro branco é tão valioso quanto o de outras cores.
Normalmente ele é composto a partir da mistura com o níquel ou a prata e o paládio e, por esta razão, seu aspecto final é opaco e acinzentado.
Por isso, para que tenha brilho, é necessário que passe por um processo técnico de acabamento popularmente conhecido como “banho de ródio”.

Basicamente este processo consiste na imersão da jóia em um aparelho específico, onde é colocado um outro metal em estado sólido (geralmente a platina) que faz com que o ródio em seu estado líquido se fixe na jóia.
Por falta de informação, muitas pessoas confundem essse processo com o banho de ouro.

É importante esclarecer que um não tem nada a ver com o outro.
Ao contrário das peças folheadas a ouro, que tem o nobre metal apenas em sua superfície, nas jóias de ouro branco ele é o principal componente.

Por esta razão é comum que após um longo período de uso a jóia de ouro branco necessite de de um novo banho de ródio, uma vez que o uso freqüente da peça pode desgastar o seu brilho (e não o ouro!).
Quando isto acontecer, basta levar a peça à joalheria de sua confiança e solicitar um novo banho.
Desta forma você estará garantindo para sempre o brilho e a beleza de suas jóias.

Anel Cobra Ouro e Brilhantes  - Natan Joias

Fonte: www.joiabr.com.br
Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: roparedes