Dicas de Arrumação da Casa com Marie Kondo

Escrito por

Os métodos estão em tudo – até mesmo na hora de arrumar a casa. A japonesa Marie Kondo tornou-se mundialmente famosa por seus princípios de organização do lar. Confira a seguir.

Organizar o lar não se trata apenas de colocar as coisas no lugar. De acordo com a guru da arrumação Marie Kondo, a capacidade e a forma de botar as coisas em ordem tem muito a ver com algumas capacidades internas, como, por exemplo, o desapego.

Surpreenda-se com as atitudes sugeridas por ela e os resultados práticos alcançados! É tudo sobre mudança de estilo de vida.

Descarte o Que Não Tem Uso – Mas Vá com Calma

estante de livrosTalvez a parte mais difícil para algumas pessoas é se livrar do que não tem mais uso. Por isso, Marie Kondo recomenda fazer isso aos poucos.

Primeiro, descarte aquilo com o qual você não tem vínculo afetivo: cartões de visita velhos, comprovantes e contas antigas. Isso vai direto pro lixo. Roupas velhas, que não servem mais ou estão em mau estado devem ser doadas.

Livre-se também de cabos de aparelhos eletrônicos, livros não tão inesquecíveis (ou que simplesmente você nunca chegou a ler), equipamentos de cozinha e produtos de beleza.

Não mantenha nada que você não use, realmente. Objetos guardados sem propósito não deixam as energias se renovarem. Toda vez que um espaço é liberado, ele atrai novas energias – e objetos.

Limpe e Acomode Bem o Que Você Ama

Marie Kondo não é só pelo desapego: na verdade, ela recomenda que você cuide e guarde bem do que te faz feliz. O segredo é se perguntar: “Isso me faz feliz?”.

Se a resposta for sim, veja se está cuidado do objeto à altura. Roupas devem ser lavadas com carinho e apropriadamente acomodadas no armário (Marie Kondo ensina inclusive a dobrar peças com perfeição); utilitários devem estar em dia com limpeza e funcionamento.

Compre uma caixa bem charmosa para guardar fotos e cartas antigas. As que não forem tão importantes poderão ser digitalizadas e guardadas no computador ou num HD, liberando espaço.

Aproveite a Hora da Arrumação para Ficar Só

escada arrumaçaoA ideia é que seu momento de organização do lar seja também o de diálogo interno – ou seja, de alinhar seu ambiente interior com o exterior. Arrumar a casa é uma chance de organizar pensamentos e sentimentos também.

Portanto o ideal é que não tenha ninguém ao redor para interferir nesse processo. Até porque é sempre mais trabalhoso colocar a casa em ordem quando existem outras pessoas circulando ao redor.
Se possível, tire um dia inteiro – de preferência num final de semana. Coloque uma música que você gosta para animar o ambiente.

Trabalhe com Objetivos Realistas

Objetivos norteiam nossos movimentos e otimizam tempo. No entanto, se você está pensando em fazer alguma coisa significativa, não vai resolver tudo num só dia.

A ideia é estabelecer sua arrumação por partes – uma por dia, para não ser exaustivo. É comum começar bem uma missão e terminá-la de qualquer jeito, por causa da exaustão.

Marie Kondo recomenda que os objetivos não sejam por cômodo, como quartos, cozinha ou banheiro. A ideia é que seja por objetos: roupas, livros, utensílios, produtos de limpeza, de beleza, brinquedos, material de escritório, toalhas, e assim por diante.

Crie o Hábito da Arrumação

caixa de maquiagemDefinitivamente o maior desafio da arrumação da casa é torná-la um hábito. E por isso o método de Marie Kondo foi criado para ser praticado rotineiramente.

É claro que haverá uma primeira vez em que tudo deverá ser feito, e portanto dará mais trabalho; no entanto, a partir da segunda ou terceira vez vai levar muito menos tempo.

A ideia é que a primeira vez seja realizada em uma semana, e que já na semana seguinte você repita as tarefas nos dias anteriormente estabelecidos. Portanto se na segunda-feira você organizou as roupas, na seguinte isso se repetirá.