Feriados: Como Planejar uma Viagem Econômica

Escrito por

 

Viagens de lazer não estão restritas às férias de verão. Feriados e finais de semana existem o ano todo!

Mesmo em tempos de crise é possível sair da cidade e curtir o tempo livre.

Confira as nossas dicas para viajar gastando o mínimo possível.

Destinos de Lazer Mais Baratos

A princípio os lugares mais indicados para quem quer viajar gastando pouco não são muito distantes da cidade onde se mora.

Mas o segrede mesmo é evitar localidades tipicamente turísticas: passagens, estadia e até mesmo o custo geral das coisas, como alimentação e passeios, costumam ser maiores, mesmo na baixa temporada.

Pesquise cidades alternativas, menos badaladas: muitas vezes elas possuem atrações bem originais.

A ideia-chave é pensar num roteiro fora do padrão: o simples fato de não ser muito conhecido pode tornar esses lugares mais surpreendentes, e até charmosos.

Você vai ter muitas histórias únicas para contar.

Viagens: Considere os Custos com Transporte

Em qualquer viagem um dos principais custos fica por conta do transporte.

Vale lembrar que ele não se restringe apenas às passagens de uma cidade para outra: há, também, o custo de traslados (de casa para a rodoviária ou aeroporto; destes para o lugar de hospedagem; e o inverso, tudo de novo, na hora de voltar) e possíveis tarifas de ônibus, metrô ou táxi dentro da cidade-destino, durante passeios.

viajar de carroViajar com o próprio veículo elimina todas essas despesas; no entanto é importante avaliar se os gastos com combustível, pedágio e estacionamento não ultrapassariam o custo total caso você adotasse transporte terceirizado.

E foi-se o tempo em que viajar de avião significava necessariamente aumentar o orçamento da viagem: dependendo do lugar, da época do ano, do dia da semana e da antecedência com que você comprar as passagens, elas podem sair com preços bem em conta.

Fique de olho, também, nas promoções de passagens aéreas. Existem sites exclusivamente dedicados a indicar quais companhias estão oferecendo passagens baratas.

Também pode ser a hora certa de usar milhagens acumuladas ou pontos de programas de fidelidade.

Hospedagem: Como Gastar Pouco

Existem duas naturezas de hospedagem: aquela aonde ela é a própria atração principal (hotéis-fazendas, pousadas, spas, resorts) e aquela que serve como simples pouso para explorar a cidade aonde está localizada.

Isso pode fazer diferença na hora de planejar uma viagem econômica.

Hotéis-fazenda, resorts, spas e pousadas possuem diárias mais caras, mas que muitas vezes incluem refeições, passeios e atividades – ou seja, suas despesas extras serão perto de zero.

Além disso, diversos lugares permitem o parcelamento do valor da estadia e oferecem pacotes para grupos ou famílias com crianças pequenas.

Atualmente vários sites oferecem ótimos pacotes de descontos, entre eles o cupom de descontos do Hotel Urbano, do site Picodi.

hostelNo entanto se a ideia é explorar uma cidade, existem algumas dicas para enxugar custos.

Hostels e albergues costumam ser mais em conta do que hotéis tradicionais.

Você vai dividir o quarto com outros viajantes, mas em compensação fará novas amizades e trocará dicas sobre passeios interessantes.

Outra opção bem mais barata são os BNBs (bed and breakfast, ou “cama e café da manhã”): ficar hospedado na casa de residentes da cidade que você quer visitar, com direito a lugar para dormir e a primeira refeição do dia.

Ainda mais econômico é se hospedar no esquema CS, ou couch surfing: dormir no sofá da casa de algum residente local.

Nos três casos, verifique a possibilidade de poder cozinhar: comprar alimentos e prepará-los aonde está hospedado ajudará a economizar com refeições em restaurantes e lanchonetes.

Além disso, escolher ingredientes típicos nos mercados locais pode ser um programa bem divertido.

Se tiver a ver com o destino que você escolheu – e for do seu agrado – acampar é a alternativa mais barata de todas para a sua viagem.

Outras Dicas para uma Viagem Econômica

viajar

  • Tente circular pela cidade à pé: além de ser a forma mais barata de se locomover, você contempla melhor o local.
  • Procure o posto de Informações Turísticas local e fique por dentro de outros roteiros como trilhas, cachoeiras e pontos que valem a pena desfrutar.
  • Se isso não for possível, ou se o tempo for curto demais e você quiser visitar vários pontos do lugar, considere alugar uma bicicleta.
  • Se a viagem for de avião, faça malas pequenas, apenas com o essencial: assim você não corre o risco de pagar taxa extra por excesso de bagagem.
  • Fique atento à localização da hospedagem que você escolheu: quanto mais próxima das atrações que você pretende usufruir, menor as despesas com transporte.
  • Use e abuse da internet: através dela você pode conhecer de antemão as atrações de cada lugar, comparar preços, fazer reservas e encontrar a hospedagem perfeita.