Tulipeira ou spatódea (Spathodea nilotica)

Escrito por

 

 

Nome botanico:Spathodea nilotica Seem
Sin.: Spathodea campanulata Beauv.

Nomes Populares :Tulipeira, espatódea, spatodea

Família :Angiospermae – Família Bignoniaceae

Origem:África

 

Descrição

tulipeiraÁrvore de altura em torno de 20 metros, forma de domo, folhas compostas de tamanho médio opostas nos ramos, de folíolos também oposto de cor verde-escuro.

As flores são vistosas, tubulares de pétalas recortadas, na cor alaranjada com interior avermelhado, com cálice em ocre escuro levemente pubescentes.

As flores se apresentam em inflorescência terminal, muito atraente.
Floresce no outono.

Os frutos são em forma de cápsula com aspecto de vagem, na cor verde com pontuações claras.
A árvore pode ser cultivada em todo o país.

Como plantar a tulipeira

Local de cultivo ensolarado, solo fértil e com bom teor de matéria orgânica.

No plantio da muda, fazer um buraco maior que o torrão.

Misturar adubo animal de curral, cerca de 1 kg com composto orgânico.
Colocar também 200 gramas de adubo granulado NPK formulação 10-10-10 e 100 gramas de farinha de ossos.
Misturar tudo muito bem.

Colocar parte no fundo da cova, colocar o torrão e completar com a mistura.
Colocar um tutor de sarrafo, amarrando com corda de algodão, em forma de oito de forma a não estrangular o caule.

Regar bem.

Quando o plantio for feito em épocas quentes, antes de colocar o torrão com a planta colocar um balde de água no fundo do buraco, ajuda a agregar o substrato ao torrão e provém água para a planta.
Nos próximos dias após o plantio, se não chover, regar as mudas plantadas.

A adubação de plantio garante para os próximos anos a nutrição necessária, não sendo preciso adubar anualmente.

Propagação da Tulipeira

tulipeira-cementesPara fazer mudas de espatódea pode ser usada a técnica de estacas de ramos, feita com enraizadores, após o inverno ou na estação das chuvas.

Retirar estacas de ponteiro, limpar as folhas de base e plantar em recipientes com substrato feito de casca de arroz carbonizada, areia ou vermiculita, mantendo a umidade e em cultivo protegido.
Após algum tempo notará que as gemas estão começando a se desenvolver, sinal que já houve a emissão de raízes.

Transplantar então para recipientes com substrato semelhante ao que recomendo para plantio, regando bem e mantendo ainda sob cultivo protegido.

A multiplicação com sementes também pode ser feita.
Usar terra comum de canteiro em caixotes ou direto em sacos de cultivo.

Materiais descartáveis, como caixas de leite longa vida são excelentes para sementeiras de árvores, corte dois cantos no fundo da caixa para a saída das águas de regas

Paisagismo:

tulipeira-paisagismo

 

 

 

 

A espatódea pode ser cultivada em calçadas, desde que não fique embaixo de fios, pois é de grande altura.

Em parques faz belo efeito paisagístico.