Telhado Verde: Jardins sobre Telhados

Escrito por

Quando vemos telhados vegetados em fotos ou ao vivo, pensamos por que não adotamos esta ideia! Afinal, parece ser tão ecologicamente correta – e é. Saiba mais a seguir.

Realmente, o benefício dos telhados verdes para o meio ambiente é real: eles são uma ótima solução para filtrar a poluição das cidades. São uma boa indicação para espaços corporativos e industriais, por conta de seu alto custo.

Projetos modernos visando o uso de cobertura vegetal em telhados, terraços e sacadas tem conquistado espaço dentro do paisagismo, para tornar a vida urbana mais amena e com maior conforto.

Como São Feitos os Telhados Verdes

Nos telhados, o uso de materiais plásticos e estruturas especialmente projetadas é que irão permitir o paisagismo em áreas de telhados com declive acentuado, sem que o jardim assim plantado vá parar no chão.

É preciso lembrar que telhados em geral não são projetados para receber o peso adicional de plantas, substratos, estruturas e água.
A avaliação das estruturas é necessária e deve ser feita por engenheiro responsável pelo projeto e execução da obra.

Estrutura dos Telhados Vegetados

telhado verdeRecipientes modulados recebem substrato e plantas e são conservados em cultivo até que as plantas se apresentem estáveis no substrato.
A montagem destes módulos em telhados são feitas por empresas e profissionais qualificados.

A proteção sobre o telhado é essencial, para evitar que sua superfície seja danificada, propiciando infiltrações. Camada de lonas especiais com proteção U.V. também são colocadas, para melhor impermeabilização do material do telhado.

O Sistema de Irrigação dos Telhados Verdes

É projetado um sistema de filtragem da água da chuva, com calhas de recolhimento das águas, filtrando e canalizando para recipientes onde uma bomba pode tornar a reciclar a água para irrigar o espaço vegetado.

Esta é uma prática necessária e muito usada nos países de todo o mundo onde projetos deste tipo são implantados. A água da chuva pode e deve ser utilizada para bom desempenho do telhado verde.

Plantas Usadas em Telhados Verdes

telhado verdeNecessitam ser resistentes ao sol, à falta de água quando não chove, tolerar o frio, o vento.

Plantas anuais podem ser usadas para ornamentar, como petúnias nativas (Petunia), onze-horas (Portulaca) e beldroegas (Portulaca oleracea), que são de sementação natural, mas seu uso deverá ser restrito a pequenos lugares, pois manchas maiores poderão mostrar zonas desnudas no telhado entre os seus ciclos de vida.

Usa-se plantas perenes, tipo invasoras pois tem a capacidade de sobreviver em condições adversas. Plantas rasteiras, com estolões que “caminham” no substrato, propagando-se sozinhas sem ajuda como o tapete inglês (Polygonoum capitatum).

Bromélias são plantas apreciadas por todo mundo e há muitos que irão desejar colocá-las no telhado. No entanto, a maioria das bromélias são de meia-sombra, por isto recomendo apenas o uso de tilandsias.
O exemplar mais conhecido deste gênero é o cravinho-do-mato (Tillandsia stricta) que nem precisa de substrato, apenas de um local onde se fixar.

Para manter plantas neste jardim das alturas é necessária a contratação de empresa especializada. Eles terão pessoal treinado para repor plantas fenecidas e adubar periodicamente.

Gramíneas para Telhados Verdes

telhado verdeComeçando pelas gramíneas, aquelas que produzem touceiras são bem interessantes. Elas são belas e suas raízes exploram bem o solo do substrato com boa aderência. Como exemplo melhor, cito o capim-do-texas (Pennisetum).

Uma planta de folhas estreitas que também poderá ser usada é a barba-de-serpente (Ophiopogon). Ela tem folhagem verde ou de folhas variegadas e que em paisagismo usamos em bordas de canteiros.
Outra planta de folhas estreitas e rizomas carnosos é o clorofito (Chlorophytum) com uso em jardins para cobertura, bordadura e pendente. Suas raízes são fortes e suportam bem seca e muito sol.

Podemos fazer manchas grandes dela, adicionando capins diversos, heras (Hedera helix), bulbine (Bulbine frutescens) e plantas do gênero Asparagus, com suas espécies agressivas e resistentes.
São elas o aspargo-rabo-de-gato (Asparagus densiflorus), aspargo-pendente (Asparagus densiflorus ‘Sprengeri), aspargo-samambaia (Asparagus setaceus) e aspargo-pluma ( Asparagus plumosus).

Para quem deseja cor e dispõe de um sistema de irrigação eficiente para as plantas no telhado, pode usar o gênero Tradescantia, com as diversas espécies de colorido acentuado e muito resistentes: Tradescantia pallida e Tradescantia zebrina.

Recomendações na Hora de Escolher as Plantas do Telhado Verde

É preciso sempre estar atento à dificuldade de manutenção das plantas.
Por isto informe-se bem da necessidade de corte das gramíneas ou de podas periódicas para não precisar contratar com tanta frequência a empresa responsável para a manutenção.

Pessoas alérgicas deverão evitar alguns tipos de gramíneas, pois a rinite alérgica é causada principalmente pelo pólen desta família de plantas durante a primavera.
Escolher as plantas dentre as adequadas e oferecidas pelo projeto é uma boa recomendação, buscando informações sobre seu desenvolvimento e hábitos.

Na Europa, grandes projetos têm sido implantados sobre telhados. No Brasil isto é mais recente, mostrando que as pessoas estão buscando esta alternativa para aumentar o conforto ajudando o meio ambiente e agregando valor para sua propriedade.