A samambaia prata

Escrito por

 

Nome Técnico:Pteris cretica L.
Nomes Populares:Samambaia-prata, pteris
Família:Pteridophyta – Família Pteridaceae
Origem:Originária da América Tropical.

Descrição:

Samambaia de pequeno porte, altura até 25 ou 30 cm, de frondes compostas, com pecíolos eretos, com folíolos grandes coriáceos, pontudos, de bordas serrilhadas de margens onduladas, com cor verde escura e creme junto das nervuras.

Modo de cultivo:

É cultivada em vasos, mas também poderá ser usada como epífita, presa a troncos de árvore ou no chão, junto com outras plantas de sombra.

Substrato e adubação:

 
 
O substrato desta planta é o mesmo que usamos para as outras samambaias, composto vegetal feito com detritos de cozinha e jardim, poderá fazer o seu em casa.

Este composto poderá ser misturado a turfa, pó de casca de coco e areia e usado no chão ou nos vasos, quando for trocar a planta ou fazer mudas.

Plantio no vaso:

Use um vaso de boca larga, não precisa ser fundo.

Coloque no fundo um pedaço de manta não tecido ou pedrinhas, acrescente areia e parte do substrato.
Acomode a muda no vaso, preencha com mais substrato e regue bem. .

Para reposição de nutrientes, use uma colher de sopa de adubo granulado formulação NPK 10-10-10, colocando em 2 litros de água, sacudindo bem para dissolver. Regue com esta mistura, cerca de um copo por vaso, apenas o substrato.
Este deverá estar bem úmido para melhor absorção pelas raízes.

Local de cultivo da pteris:

Deve ser cultivada à meia sombra e com regas frequentes.

Seu cultivo em interiores será um sucesso se o ambiente tiver boa luminosidade e não regar em demasia.

Propagação:

Para fazer a propagação desta planta será preciso retirá-la do vaso e separar a touceira com cuidado, deixando sempre raízes para que possa se desenvolver.
Replantar no tipo de substrato recomendado e regar, manter em cultivo protegido e à sombra.