Como Proteger as Plantas no Inverno

Escrito por

Muitas regiões do país têm invernos frios, além dos estados do Sul. Regiões de altitude, por exemplo, podem apresentar temperaturas muito baixas entre junho e agosto. Isto nos leva a pensar como proteger nossas plantas no inverno. Veja nossas dicas.

Plantas Já Adaptadas ao Frio

Plantas nativas da região estão aclimatadas, por isto é importante sua introdução nos projetos de jardins.

As árvores e a grande maioria dos arbustos não demonstram muitos problemas. Mas muitas das herbáceas cultivadas e algumas palmeiras podem ser muito afetadas.

pessegueiro

Pessegueiro

Não estamos falando aqui de plantas caducifólias, que perdem a copa no final do outono e voltam a enfolhar no final do inverno. Esse é o caso do marmelinho-de-jardim (Chaenomeles), as roseiras (Rosa spp.) e os pessegueiros (Prunus pérsica), entre outras plantas.

Algumas plantas da família das aráceas, tais como o punhal-malaio (Alocasia amazonica) e o tinhorão (Caladium hortulanum) perdem suas folhas no outono e o rizoma somente volta a brotar quando as temperaturas estiverem mais amenas.

Mas muitas outras não tem este comportamento, então será preciso usar técnicas para sua proteção.

O Que Acontece com as Plantas em Temperaturas Baixas

O frio ocasiona nas plantas uma série de problemas, tais como queimadura de folhas, diminuição da elaboração da fotossíntese e estresse hídrico, perda da folhagem. Inibição do crescimento e fenecimento de raízes também são frequentes.
Isso ocorre pela queda e elevação da temperatura da água dentro das raízes.

Plantas mais sensíveis, com origem tropical podem apresentar perda de folhas e até fenecimento.

Proteja as Plantas do Jardim com Lona ou Montando uma Estufa

estufaPara as plantas de jardim: um dos modos é construir um pequeno ripado de sarrafos, cobrindo com lona de estufa. Esse material pode ser encontrado em agropecuárias ou lojas especializadas que comercializem lonas e estruturas para estufas agrícolas.

Posicionar a entrada para o Norte. Preserve a parede fechada para o sul ou orientada para os ventos frios dominantes na região.
O conhecido plástico de tela preta (Sombrite), que serve para filtrar e diminuir a incidência dos raios solares, não é adequado. Ele não fornece proteção contra o frio.

Quem desejar algo mais sofisticado poderá construir uma estufa de tijolos. As portas e paredes podem ser de lona plástica ou vidro (green house), cobrindo com telhas plásticas transparentes.
Não esquecer de propiciar aberturas para arejar o ambiente que serão cerradas nos dias frios.

Também podemos usar garrafas PET para a confecção de estufas, aproveitando o material que iria para descarte.

O Mulching Pode Proteger os Canteiros no Frio Intenso

Em canteiros, o frio em regiões com neve, mesmo que ocasional, poderá afetar muito as plantas.
O uso de mulching, que é uma cobertura vegetal seca, feita de cascas de pinheiro, aparas de grama e folhas de árvores, poderá beneficiar as mudas no canteiro.

A temperatura do solo não ficará tão baixa com esta cobertura. Usar no máximo 10 cm de altura de mulching, retirando ou incorporando ao solo na primavera, pois assim a temperatura do solo subirá mais rápido.

Como Proteger a Grama do Frio

O gramado no frio: recomendamos o corte em altura média e adubação antes da estação mais fria. Isto dará maior resistência para a grama.

Evitar regar em dias que poderá haver neve ou geada, para não propiciar a formação de crostas de gelo, o que iria queimar as folhas pelo frio.
Na primavera realizar outra adubação para fortalecer a muda que irá iniciar novo crescimento.

Cuidados com as Plantas Dentro da Casa nos Dias Mais Frios

Plantas dentro de casa: trazer para dentro da residência é outra solução, nem sempre viável.

Vasos grandes e pesados que não estão sobre placas com rodízios devem ser colocados em local abrigado dos ventos frios. Vasos médios e pequenos podem ser colocados de modo a ornamentar salas e outras dependências da casa.

vasos de plantasA temperatura dentro de casa sempre é mais alta que a exterior. Recomendamos não deixar plantas sensíveis junto a janelas abertas em dias frios.
O abrigo atrás de vidraças não apresenta problemas, cuidando apenas para que o sol incida somente em plantas que apreciem o sol.

O aquecimento da casa resseca muito o ar. Então se regarmos mais frequentemente, supriremos a falta. Passar os dedos no substrato, se estiver levemente frio e úmido não é necessário regar.

Palmeirinhas de interiores, como a camedória (Chamadorea elegans) e a ráfis (Rhapis excelsa) necessitam de que se borrife água nas folhas. Colocar água no borrifador e deixar alguns minutos na temperatura do aposento antes de regar.