Canto de meditação no jardim, projetando um paraiso…

Escrito por

Canto de meditação no jardim

A meditação faz parte de diversas filosofias e muitas pessoas a praticam, sentindo-se muito bem.

O lugar para meditar pode ser dentro de uma sala ou ao ar livre.

Para interiores, este deverá ser bem simples, com um local onde sentar, mas se desejar meditar no chão, um tapete ou uma esteira acolchoada.

Sem muitos objetos de enfeite para distração, o foco é no interior da pessoa que medita.

Como projetar um canto de meditação para o jardim

Para um recanto fora de casa há maiores complicações, há ruídos de trânsito, vizinhos, pássaros, animais domésticos.
Isolamento acústico, impossível.
Visual, difícil.

recanto_meditacaoÁrvores, arbustos, flores, cor de folhagem cor atrativa.

Visitantes inesperados, como beija-flores e insetos podem distrair a mente do seu foco.

Mas alguns itens são possíveis agregar em locais destinados à meditação que possam permitir a concentração das pessoas sem que se perca o visual paisagístico.

Estruturas que imitem paredes podem exercer a função de limites e ajudar a esquecer o entorno atrativo.

Podemos usar plantas simples com folhagem apenas verde.
Estas podem produzir flores, claro, há todo um planejamento de beleza da paisagem, mas suas cores devem ser em tons suaves.

Flores perfumadas também, os perfumes são etéreos, fugazes e ajudam a elevar o pensamento.

Um canto de meditação em Porto Alegre

Numa residência de lazer da família, à beira do Rio Guaíba, próximo a Porto Alegre, planejei um recanto assim para clientes.

Foi traçado e executado um pergolado rústico, acompanhando as demais estruturas planejadas do jardim.

– Material usado no projeto de pergolado

Foram usados troncos e a forma escolhida foi a do baguá.

O chão recebeu uma camada de areia, dormentes e tijolos. Sem cimentos.

Uma cinta de concreto, no entanto, foi necessária para apoio e sustentação.

– Plantas planejadas para o pergolado de meditação

As plantas planejadas foram: 

penta-brancajasmim-do-cabo (Gardenia jasminoides) , petréia (Petrea subserrata), lavandas (Lavandula dentata) penta (Penta) e bambu-mossô (Phyllostachis pubescens).

O perfume do jasmim pela manhã e no final de tarde ao pôr-do-sol invade o espaço no final da primavera.

Nesta época nos Estados mais ao Sul do país, quando estar ao ar livre de forma estática, como na meditação, já não produz arrepios de frio.
Também escolhi a cor branca para a penta

pergolado-poa

 

A pétrea e a lavanda dão a nota de cor com seus tons de azuis tão delicados.
O leve perfume não chega a perturbar, nem a cor das flores afasta a concentração.

Tornou-se um agradável recanto na propriedade.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Wonderlane, anemoneprojectors (getting through the backlog), Drew Avery, rodtuk, photogirl7.1