Pragas de Jardim, muito melhor prevenir que remediar

Escrito por

Pragas de Jardim…

Devoradores das plantas

Pragas de Jardim – Tatuzinhos e lesmas

Tatuzinho de jardim, bicho de conta ou tatu bolinha

Pragas de Jardim - tatu bola

Tatu bola de jardim

Outros “bichos’ costumam aparecer e esconder-se entre as plantas, como o bicho-bola, conhecido também como tatuzinho.

Esconde-se entre pedras e restos de plantas decompostas.
Aprecia plantas recém plantadas, comendo a base do colo junto ao solo.

Seu combate é difícil, mas podemos tornar o meio ambiente desagradável para ele, limpando bem os canteiros de plantas fenecidas e não fornecendo abrigos onde se esconda.

Lesmas e caracois

Quem também aprecia lugares úmidos e escondidos é a lesma (veja foto), com caracol ou sem, comendo vorazmente as plantas, principalmente após uma chuva.

Pragas de Jardim - lesma

lesma de jardim

Além da catação que o jardineiro pode fazer, também poderá usar iscas atrativas.

Faça o seguinte: corte o gargalo de uma garrafa PET pequena, coloque leite ou restos de refrigerante ou cerveja, juntando sal.
O alimento atrairá a lesma e ela morrerá por desidratação.

O uso de cinzas de fogão ou lareira espalhados sobre os canteiros também ajuda a repelir.

Existe no mercado venenos para lesmas, mas sempre que puder evitar seu uso, o meio ambiente agradecerá.

Pragas de Jardim – de lagartas a borboletas

Você aprecia o vôo das borboletas, de flor em flor, à busca do néctar?

Pragas de Jardim - lagarta a mariposa

Aprendeu na escola que a borboleta ajuda na polinização assim como as abelhas.

Sua fase inicial, após eclodirem do ovo é a lagarta, de muitas formas, tamanhos e cores.

Algumas são perigosas.

Quanto mais “enfeitada”, com espinhos, coloridas e com chifres, mais danosas serão se você tocar nelas, podendo causar alergias e ferimentos.

Estas estruturas, odor e substâncias segregadas são a sua defesa, pois lagartas são presas de pássaros, que, no entanto evitam estas assim armadas.

A borboleta, fase adulta do inseto, é seletiva quanto à ovoposição, apenas algumas plantas são as escolhidas como hospedeiras.

Pragas de Jardim -borboleta

Foto por Miriam Stumpf – todos os direitos reservados

Elas apreciam, entre outras plantas um arbusto delicado de nome penta (Penta) e o manacá-de-cheiro (Brunfelsia) .
A penta, inclusive, é uma das plantas cultivadas dentro de borboletários.

Se você detesta e tem medo de lagartas, ou há crianças em casa que gostam de mexer nas plantas, evite ter então as que atraem a fêmea da borboleta que irá procurar em outro lugar a planta-hospedeira para sua prole.

Se, pelo contrário, gosta de ver borboletas no jardim, quando topar com uma lagarta destas serpenteando no chão atrás de comida, coloque-a no canteiro.

Logo fará um casulo, e ficará como uma bela adormecida, esperando a glória da metamorfose, transformando-se de bicho feio a uma bela e efêmera criaturinha alada.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: DaveHuth