Plantas Herbáceas que Atraem Abelhas

Escrito por

A população de abelhas tem diminuído drasticamente no planeta. No entanto, é possível fazer a sua parte e ajudar a preservá-las com as dicas que damos a seguir.

Pela mídia geral temos conhecimento sobre a diminuição de abelhas no mundo. Isso envolve grande prejuízo para a polinização das flores e produção de frutos.

A produção da lavoura é uma das responsáveis, devido ao uso dos agrotóxicos para combater pragas diversas. O que acaba por matar também insetos benéficos.

Faça sua Parte para Salvar as Abelhas

Mas e os jardins? Nos projetos mais modernos, minimalistas, muitas vezes não são introduzidas espécies adequadas. Muitos nem tem plantas com flores atrativas. Olhando os jardins pela cidade podemos constatar isto.

Muitas pessoas têm medo das abelhas, mas não importunando os insetos não haverá problemas. Evite circular junto das plantas que têm abelhas circulando nas horas mais próximas ao meio dia, pois é quando estão mais ativas.

Eschscholzia californica

Papoula-da-Califórnia

A consciência da necessidade de propiciar melhorias ao meio ambiente nos leva a pensar na nossa participação como cidadãos. Assim, podemos tentar reverter este quadro.

Uma ideia é a introdução de espécies que possam propiciar comida para as abelhas em jardins já elaborados ou ainda em fase de construção.
A forma das flores atraentes para os insetos é mais aberta do que as que atraem borboletas, de cores mais claras e, se possível, reunidas em cachos, quando o inseto procura menos por alimento.

Um projeto adequado deve prever a colocação de plantas atrativas em vários pontos do jardim, planejando a época de sua floração, de forma a manter sempre algum recanto com flores para as abelhas.

Herbáceas da Estação Favoráveis para as Abelhas

Dentre as inúmeras herbáceas disponíveis no mercado de flores, podemos citar o iberis (Iberis saxatilis). É uma planta rasteira de flores brancas. Há também o tango (Solidago canadensis), de longas espigas amarelas. Ambas florescem durante o final do outono até o inverno.

girassol abelha

Girassol

A primavera traz grande quantidade de flores, a crossandra-amarela (Crossandra nilótica) de flores pequenas e amarelas reunidas em espiga. Também a turnera ou chanana (Turnera subulata), nativa encontrada em todo o país.

Uma curiosidade: muitos machos de abelhas solitários se abrigam dentro desta flor, que fecha as pétalas no fim da tarde.

É no verão, no entanto, que uma quantidade enorme de flores disponíveis aos polinizadores é oferecida. Muitas flores de cor amarela, como a papoula-da-califórnia (Eschscholzia californica), girassol (Helianthus annus), a calêndula (Calendula officinale) e a coriopsis (Coriopsis).

Flores em outras cores, como a zínia (Zinnia elegans) e a cravina-dos-poetas (Dianthus barbatus).

Aromáticas que Alimentam as Abelhas

Dentre as plantas aromáticas de horta, alguma são atrativas para as abelhas, tais como o manjericão (Ocimum basilicum), a hortelã (Mentha spp.) e o orégano (Origanum vulgare).

Há também o tomilho (Thymus spp.) e a erva ruderal de folhas e flores comestíveis, o dente-de-leão (Taraxacum officinale).

Flores do Campo ou Ruderais

portulaca

Beldroega

Muitas plantas que fornecem néctar para as abelhas são plantas ruderais, isto é, encontradas em campos, bordas de matas e terrenos baldios.

Algumas têm característica ornamental e podem também ser cultivadas em jardins naturais, projetados para fornecimento de alimento a borboletas e abelhas.

Entre muitas citamos a beldroega (Portulaca oleracea), que também é comestível e o trevinho (Oxalis divaricata) de flores amarelas que as abelhas silvestres apreciam muito.

Essa seleção de herbáceas é apenas uma indicação do que podemos cultivar em nossos jardins e quintais para evitar o desaparecimento das abelhas.
Nossa responsabilidade social para com o meio ambiente deve ser planejada e executada pensando nestes seres minúsculos, pois o restante será beneficiado.