Pepino (Cucumis sativus)

Escrito por

Nome Botanico: Cucumis sativus L.

Nomes Populares: Pepino

Família: Angiospermae – Família Cucurbitaceae

Origem: Índia

Pepino (Cucumis sativus) - Descrição

Pepino (Cucumis sativus) florPlanta herbácea de ciclo curto, monóica, de característica rasteira e de tamanho indefinido.

O caule é anguloso e as folhas são recortadas e ásperas.

As flores apresentam-se masculinas ou femininas na mesma planta e a polinização é feita por abelhas, principalmente.

A flor feminina tem pétalas amareladas, tem cerca de 2 a 3 cm de diâmetro e são solitárias.
As flores masculinas são em maior número, apresentam-se em grupo e tem pedúnculo bem curto.

Pepino (Cucumis sativus) - Modo de Cultivo :

Pepino (Cucumis sativus) canteiro

Pepino (Cucumis sativus) canteiro

Cultiva-se o pepino em locais ensolarados, de clima ameno a quente, pois a planta não tolera geada nem temperaturas menores do que 15 ºC.

Na horta caseira escolher um local junto a cercas em canteiros unitários, pois a planta invade os espaços e sufoca as vizinhas.

É preferível o seu cultivo em estacas ou cercas, o fruto fica limpo e perfeito, melhor que a produção no chão.

O solo de cultivo ideal é o areno-argiloso, fértil, rico em matéria orgânica e sem acidez acentuada.

Para plantio comerciais deverá ser feita a necessária análise de solos para correção do pH para 5,8 ou 6,8.

Semeadura direta em canteiro e solo:

O cultivo é a partir de sementes, adquirindo-se em agropecuárias ou supermercados.

Olhar o prazo de validade das sementes, não adquirindo aquelas que têm um prazo já vencendo, com baixo poder germinativo.

Fazer a cova de plantio adicionando adubo animal de curral bem curtido, 100 gramas de adubo NPK 4-14-8, húmus de minhoca e 1 colher de cal hidratada, misturando tudo para incorporar bem.

Usar o espaçamento de 1,0 m x 0,50 m entre as covas.

Colocar de 3 a 4 sementes/cova.

Após a emergência, fazer o raleio, retirando as mudas mais débeis e deixando apenas 2 a 3 plantas/cova.

Dicas e cuidados no cultivo do pepino :

Os cuidados com a planta são controle de inços, adubações de cobertura e condução das mudas.

Os inços são controlados pela capina, cuidando para não danificar o caule da planta cultivada.

Pepino (Cucumis sativus)

Pepino (Cucumis sativus)

Para uma produção a recomendação é a adubação de cobertura feita com sulfato de amônio em 3 aplicações com intervalo de 1 mês.

A condução é feita controlando seu crescimento e fazendo a desponta do broto apical da haste principal.

Isto propicia ramificações laterais com maior quantidade de flores.

Também é importante o controle de pragas, para o pepino são algumas doenças, como míldio, antracnose, mancha angular e outras, que deverão ser controladas segundo recomendações de técnicos.

A irrigação é importante para esta cultura.

A primeira fase é a mais crítica, quando a planta está em crescimento, necessitando de maior quantidade de água.
Quando o fruto está se formando poderá ser reduzida, pois o enraizamento definitivo já ocorreu, possibilitando maior captação da umidade e nutrientes.

Colheita

Após 50 ou 60 dias estamos prontos para começar a colher os frutos, quando o pepino atinge o tamanho de 20 cm e com a cor da casca verde-clara.

Isto irá variar conforme a variedade utilizada.

O usado para picles é colhido bem pequeno, para melhor aparência.

Na embalagem de sementes estará especificado que tipo de pepino irá cultivar.

Uso alimentar e cosmético do pepino

O pepino é um fruto de baixa caloria, contém vitamina C, potássio e vitamina A, que está contida na casca.

Podem ser consumido em saladas, sopas frias e picles.

Sua polpa macerada pode ser usada em aplicação de máscara facial para peles avermelhadas pelo sol.

O pepino é muito usado em cosmética para a confecção de cremes, loções, hidratantes e xampus.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: poppet with a camera, with wind, poppet with a camera, knottyboy, eggrole, elbeewa, Arcadiuš