Tamareiro do Jardim (Phoenix Roebelinii)

Escrito por

Nome Técnico: Phoenix roebelinii O’Brien
Nomes Populares: Fênix, tamareira-de-jardim
Família: Família Arecaceae.
Origem: Originária da China, região do Laos e Vietnam.

Descrição:

Tamareira de jardim (Phoenix roebelenii)Palmeira de pequeno porte, pode atingir cerca de 3,0 metros de altura, lento crescimento, o que propicia seu cultivo em vasos. Tem o tronco fino, marcado pela inserção das folhas,dando aspecto de escamas grossas. As folhas são grandes, cerca de 1,20m, finamente pinadas de cor verde-escura, flexíveis, dando um aspecto delicado à planta, mas contém espinhos grandes.

É uma planta dióica, isto é, uma planta produz flores femininas outra flores somente masculinas. A planta feminina produz então frutos pequenos, globosos e escuros, muito apreciados pelos pássaros. No entanto, poderá ocorrer a partenogênese, isto é, produção de frutos sem a presença do pólen. A tamareira-anã, como também é chamada, produz abundante quantidade de frutos durante o verão e início do outono. Pode ser cultivada em todo o país, é tolerante ao calor e ao frio.

Modo de Cultivo:

Tamareira de jardim (Phoenix roebelenii)Poderá ser cultivada ao sol e à meia sombra, o que possibilita seu cultivo em ineriores bem iluminados. Apenas devemos ter cuidado em não colocar esta planta onde circulam crianças para evitar que se machuquem nos espinhos. Necessita de solo bem rico em matéria orgânica, mantido levemente úmido, mas não encharcado.

Colocar na cova de plantio cerca de 1 litro de adubo animal de curral bem curtido, composto orgânico e areia, para facilitar a drenagem. Se a planta tiver mais de 1,0 metro, colocar um tutor até que fique bem fixa no local. Regar e durante os próximos dias regar para garantir que sobreviva.

Os tratos culturais para a fênix resume-se à retirada de folhas fenecidas e dos cachos com frutos após a queda dos mesmos.

Paisagismo:

A fênix é excelente para pequenos espaços, jardins de terraços com ou sem muito sol, podendo ser colocada em vasos grandes de boca larga.

As bordas dos vasos poderão receber decoração de pequenas plantas herbáceas coloridas para acabamento. Jardins empresariais têm nesta pequena palmeira uma solução atraente para a entrada. Devido ao seu lento crescimento e pouca altura seu visual estará sempre bonito.

Colocá-la no meio de um canteiro e plantar algumas herbáceas floríferas ou mesmo apenas uma cobertura vegetal de baixo porte já faz um efeito surpreendente.