Palma de santa rita (Gladiolus)

Escrito por

Nome Botanico: Gladiolus hortulanus L.H.Bailey

Nomes Populares : Palma, palma-de-santa-rita, gladíolo

Família : Angiospermae – Família Iridaceae

Origem:  Ásia

Descrição:

palma_sta_rita_rosa

Planta herbácea perene e bulbosa de floração anual, com altura variável entre 0,60 e 1,0 metro, talo ereto não ramificado.
As folhas são laminares e nervuradas longitudinalmente.

As flores são de formato campanulado reunidas duas a duas em espiga longa e ereta na ponta de um talo ereto, cilindro e firme.
Podemos encontrar flores em branco, amarelo, rosa e carmim, oriundo de hibridações.

O florescimento depende da região, na região Sul ocorre na primavera.

Modo de Cultivo

Para cultivar gladíolos, na primavera colocar os cormos em vasos ou canteiros com substrato rico em matéria orgânica.

Existe uma divergência quanto à profundidade de plantio.
Alguns recomendam à superfície, entre 1 a 2 cm, outros até 10 cm ou mais.

palma_plantacaoUma coisa é certa: plantando muito próximo à superfície a planta não conseguirá se manter e necessitará de tutor, também secará muito o cormo devido à desidratação.
Por outro lado, plantado muito fundo, a planta não terá forças para romper até o ar livre.

Recomendamos que o substrato seja bem leve e poroso, facilitando assim as primeiras folhas, e deixar numa profundidade média entre os valores apresentados.

Misturar num balde adubo animal de curral bem curtido ou cama de galinheiro, com composto orgânico de folhas e areia, numa proporção de 1:4: 1.

Proteger o fundo do vaso com geomanta ou brita média, colocando por cima areia úmida.

Colocar o substrato e plantar o cormo logo à superfície da terra.

Umedeça bem o substrato.

Quando brotar leve para lugar com muita luminosidade, permitindo que se acostume ao sol aos poucos.

- Plantio em canteiros:

Para canteiros, preparar o solo revolvendo e adicionando o adubo animal e composto orgânico e nivelando.

Plantar também quase à superfície e regar bem.

Para fazer um maciço de gladíolo, deixar um espaçamento de 15 cm entre plantas e 25 a 35 cm entre linhas, desencontrando para não haver vazios.

- Cuidados e propagação :

palma_sta_ritaApós a floração, cortar fora as espigas com as flores secas.

O cormo irá emitir pequenos filhotes que serão novas mudas.

No outono retirar os cormos da terra e retire com cuidado os pequenos guardando numa caixa de papelão forrada de jornal para a primavera.

Quem desejar propagar por sementes poderá deixar secar as espigas na muda.
Retirar as sementes e semear em substrato do tipo casca de arroz carbonizada, areia, perlita e brita de graduação fina, mantendo leve umidade.

As pequenas plântulas crescerão, mas não haverá florescimento nesta etapa.

Deixar secar as folhas e no outono recolher os pequenos cormos para plantar na primavera.

Paisagismo

palma_santa_rita

 

Esta planta é mais usada para corte em belos arranjos florais em casamentos e formaturas.

O mercado exigente escolhe em geral as flores brancas ou de cores suaves e de tamanho grande.

 

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: pinoldy