Orquídeas: recipientes, vasos e substratos!

Escrito por

Os nomes latinos e populares das plantas

Os nomes das plantas são dados em latim ou grego clássico, antigas línguas usadas hoje para nomear plantas e para termos jurídicos e médicos.

Uma planta nomeada assim poderá ser reconhecida no mundo inteiro, facilitando aquisições e trocas.
A cada nova descoberta os taxonomistas registram a planta e fornecem um nome, de acordo com o gênero, com detalhes de sua anatomia e para homenagem a alguma pessoa relevante.

Os nomes populares são dados pelas pessoas, muitas vêzes por causa da anatomia, cor de flores,etc. e tem função regional, variando de um lugar para o outro.

A forma de dizer o nome em latim pode ser complicado em função da grafia.
Por exemplo, a orquídea Laelia, pronuncia-se Lélia.

Os Recipientes de cultivo das Orquídeas

Para orquídeas monopodiais, um vaso comum de plástico é o suficiente por anos.

orquidea em placaSeu crescimento não “caminha” como nas simpodiais.
Para estas o vaso melhor é o que tem a boca mais larga.
Colocando-se a planta bem na borda com o ponto de crescimento virado para o meio poderá usar por longo tempo o mesmo vaso.

Mas dada a enorme oferta de recipientes do mercado, como escolher?

Os antigos vasos de cerâmica queimada usados para orquídeas ainda continuam sendo manufaturados e oferecidos e podem ser usados.
São mais pesados e ajudam a reter mais a água de chuvas ou regas, nem sempre interessante em climas úmidos, por favorecer desenvolvimento de fungos.

Vasos plásticos tem longa duração, são leves e baratos.
Opções como garrafas PET cortadas, penduradas com arames ou fios de nylon de pesca, podem ser boas opções.

Orquidea em mata

Ramos grossos como base para orquideas

As orquídeas também aderem a placas de coco, madeira, troncos, telhas, etc., aumentando as possibilidades e a criatividade do cultivador.

Ramos grossos apanhados no chão pelas trilhas no meio do mato, para quem dispuser deste tipo de local, são dádivas da natureza.
Forma ecológica e sem custo e a planta irá se desenvolver muito bem a um tipo de apoio a que está acostumado por centenas de anos.

Substrato de cultivo para suas orquídeas

Como foi dito, o substrato natural é uma mistura de folhas decompostas e matéria orgânica.

Poderemos usar isto? Dificilmente conseguiremos reproduzir.
Mas temos algumas boas opções que têm dado certo, usando criatividade com coisas que estão ao nosso alcance.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Praziquantel, nosha, mmmavocado, Tatters:)