Orquídea Miltonia

Escrito por

Descrição

Orquidea Miltoniana

Orquidea Miltoniana, a flor

Planta herbácea de pequeno porte, epífita, que pode atingir 0,45 m de altura. Os pseudobulbos são ovais, longos e achatados, permanecendo meio escondidos pelas bainhas foliares, com uma ou duas folhas no ápice.

As flores tem 10 cm x 11 cm em média e a floração ocorre na primavera ou verão, com a haste floral de até 0,45 m de comprimento, durando cerca 30 dias. As flores são achatadas com o labelo maior que as demais, em geral com mácula em amarelo escuro, a coluna é curta e as polínias rígidas.

As outras pétalas podem ser brancas, rosa claro e carmim ou manchas definidas nestas últimas cores. Exala leve perfume adocicado. O nome Miltonia foi posta na planta em homenagem a um orquidófilo inglês, Lord Fitzwilliam Milton.

Como Plantara orquídea Miltonia

Orquídea Miltonia

Orquídea Miltonia no vaso

Nas matas de onde são originárias habitam tanto espaços secos como úmidos onde formam grandes touceiras sobre o tronco das árvores.

Não aprecia sol direto, pois queima as folhas e pseudobulbos com facilidade, mas necessita de muita luz, então o melhor lugar para ela é à meia sombra de outras plantas ou em ripado com sombreamento de 70% e temperaturas entre 10-32º C.

A umidade deve ser alta, por isto borrifar o chão do orquidário ajuda no equilíbrio das plantas. Cultivada em vasos pequenos não consegue expandir-se, o melhor é um vaso de tamanho médio de boca larga, preencher com substrato próprio para orquídeas feita de pedaços de fibra de coco ou aparas de madeira, colocando sempre cacos de tijolos, isopor ou argila expandida embaixo para boa drenagem.

Pode ser cultivada em lugares úmidos como as localidades serranas do sul e sudeste.


Paisagismo

Quando iniciar seu florescimento, leve para dentro de casa, para apreciar sua floração, mas continue a regar periodicamente e coloque junto à janelas com muita luminosidade mas sem sol direto.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Sheetha, Robert McCabe, Photographer