Oliveira (Olea europaea L.)

Escrito por


Nome botânico:
Olea europaea L.

Nome popular: oliveira

Angiospermae – Família Oleaceae

Origem: Mediterrâneo, Europa

Descrição:

Árvore perenifólia, de altura em torno de 9 a 11,0 metros, de copa arredondada aberta.
Tronco de textura fissurada e muito ramificado.

oliveira - olea europaea

As folhas são estreitas ovais acuminadas, página superior verde-escura e inferior esverdeado claro tendendo a prata, de pecíolos curtos e dispostas de forma alterna nos ramos.

Suas flores têm leve perfume, são bem pequenas e brancas reunidas em inflorescências curtas na axila das folhas.
Seu fruto é uma drupa, conhecida como azeitona, rica em óleo.

Seu cultivo fica restrito a regiões subtropicais.

Como plantar a Oliveira:

Para que frutifique esta planta necessita de frio

Seu cultivo atualmente na América do Sul como Argentina, Chile e Brasil para produção de óleo está sendo um sucesso.
O cultivo comercial está sendo feito nos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, mas há perspectivas de introduzir seu cultivo na região do semi-árido também.

No Sul do país é também utilizada para arborização de ruas devido ao seu tipo de copa e altura.

Plantio da Oliveira:

pé de oliva

Muda de oliveira pronta para o plantio.

Não é exigente ao tipo de solo, mas necessita ser bem drenado em local com exposição à luminosidade intensa.

Para cultivar adquirir exemplares de porte padrão de 1,80 m de altura.

Abrir uma cova com tamanho superior ao torrão e colocar abonos tais como composto orgânico, 100 gramas de farinha de ossos ou fosfato natural de rochas, 300 gramas de adubo de aves bem curtido e 200 gramas de adubo granulado NPK formulação 10-10-10.
Misturar tudo e colocar no fundo e nas laterais junto ao torrão.

Tutorar a muda na hora do plantio, amarrando com cordão de algodão em formato de oito para não danificar o tronco.

Regar bem após o plantio e durante alguns dias até a acomodação da muda e início de seu desenvolvimento, depois espaçar as regas.

Mudas e Propagação da Oliveira

A propagação é feita por estacas de ramos colocados com enraizador em substrato poroso e úmido em cultivo protegido.
Também poderá ser feita por sementes e há pesquisas para sua propagação in vitro por clonagem em laboratório.

Paisagismo e uso decorativo

No paisagismo urbano com espécies exóticas é interessante a adição desta árvore, pois sua sombra apesar de esparsa permite bom aproveitamento e pode ser cultivada em calçadas e avenidas, além de jardins e pátios residenciais.

O formato e cor de suas folhas pode ser combinado com plantas arbustivas floridas como hortências (Hydrangea macrophylla) e hamamélis (Loropetalum chinesis).

Observação: a oliveira cultivada produz frutos verdes que amadurecem e ficam escuros, sendo colhidas em estágios diferentes de maturação e propiciando dois produtos de sabor diferente, ambos muito apreciados nas receitas salgadas.
No entanto há uma oliveira, a Olea europaea subsp. africana que produz frutos pretos.

oliveiras  azeitonas-pretas