Ipê Amarelo (Tabebuia chrysotricha Standl)

Escrito por

Nome Botânico:Tabebuia chrysotricha Standl

Nomes Populares:ipê amarelo

Família:Família Bignoniaceae

Origem:Originária do Brasil, nos estados do Espírito Santo até o sul do país.

Descrição:

Cambacica "Coereba flaveola" em Ipê-amarelo-bolaÁrvore caducifólia com até 10,0 m de altura, forma irregular e folhas verdes compostas de tres folíolos asperos e coriáceos.

Flores campanuladas amarelo-ouro reunidas em inflorescência terminal.

Floresce no final do inverno até primavera, primeiro as flores na árvore sem folhas.

Modo de cultivo:

 ipê amarelo (Tabebuia vellosoi)

 

 

 
Local ensolarado, não exigente em fertilidade do solo.

Reproduz-se por sementes que devem ser postas em substrato orgânico assim que colhidas, em local sombreado e com regas regulares.

 

 

Paisagismo:

Uma das árvores mais bonitas em paisagismo urbano pela sua bela e exuberante floração.

Pode ser cultivada nas ruas e parques e também em jardins empresariais, para condomínios e residências, com grande sucesso ornamental.

No planejamento de jardins é preciso não esquecer que sua floração dura pouco tempo, e seu uso como atração principal na primavera deve ter boa combinação com as outras plantas.

Arbustos e herbáceas de florescimento na mesma estação devem combinar com as cores de suas flores para não causar um impacto visual demasiado forte.

Num paisagismo planejado corretamente, plantas com florações de cores que não combinam com o amarelo do ipê podem ser colocadas, mas sua época de aparecimento deverá ser diferente, dando ao jardim nova atração.

 

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: mauroguanandi, mauroguanandi, mauroguanandi, mauroguanandi, gerbisson