Morango: irrigação e colheita

Escrito por

Irrigação do morango

O morangueiro poderá ser irrigado por aspersão, por gotejamento e de forma localizada, sendo que estas últimas têm a vantagem de economizar água, podendo ser adicionado o fertilizante, na técnica de fertirrigação.

Além disto, não propicia o ambiente úmido na cultura que propicia o aparecimento de doenças fúngicas.

Colheita do morango

O morango contém muita água no fruto e é muito perecível, devendo ser colhido, embalado e posto no mercado em tempo muito curto.

A colheita é feita cerca de 60 a 80 dias após o plantio, dependendo do clima e região.
Também influenciam os tratos culturais, a forma de produção e a época de colheita.
Esta poderá ser feita de agosto a dezembro, pelo menos no sul do país.

A operação de colheita é um fator determinante de sucesso.

O fruto não poderá ser colhido muito maduro pois decompõe-se rapidamente.

Se colhidos muito verdes não terão o sabor, a cor e o perfume característico que o consumidor espera.
Além disto, a acidez será mais acentuada, o que nem sempre é do agrado do cliente.

A colheita é feita de forma manual, diariamente e com os frutos de tamanho semelhante na mesma embalagem, bem como com o mesmo grau de maturação.

As horas mais quentes do dia são impróprias, acelerando a decomposição.

Tratamento pós-colheita:

A embalagem mais usada é a de poliestireno branco, mas para mercados mais sofisticados, de delicatessen, há preferência por embalagens de papelão, madeira ou caixas plásticas com visor, feito de filme plástico, um requinte com preço mais alto.

Os frutos colhidos e embalados devem ser resfriados imediatamente, o que irá diminuir sua taxa de respiração, desacelerando a decomposição, conservando mais tempo o produto.

A temperatura deverá reduzir de modo rápido em poucas hora cerca de 5 ºC e depois serão colocados em câmaras frias à emperatura de 0 ºC e umidade controlada de 90%, conservando-se assim por no máximo 5 dias.

 

O morango antes produzido apenas para consumo in natura atualmente tem muitas finalidades no mercado alimentício, entrando na composição de sorvetes, iugurtes, geléias, recheios de pastelaria, etc.

Para tais utilizações será preciso, claro, o fornecimento desta matéria prima ao longo do ano e então os morangos são congelados, inteiros ou em polpa, em diversas técnicas de congelamento.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: mrsdkrebs, coolmikeol