Maranta Pena de pavão (Maranta leuconera)

Escrito por

Nome Botanico:Maranta leuconera E.Morren ‘Kerchoveana’

Nomes Populares :Maranta-rasteira, maranta-pena-de-pavão

Família :Angiospermae – Família Marantaceae

Origem:Nativa brasileira.

Descrição:

Planta herbácea rasteira de altura no máximo de 30 cm, rizomatosa que forma denso tapete vegetal.

maranta-pena-pavao-florAs folhas são ovais com máculas em verde bem escuro.

As flores são brancas, bem pequenas e com as hastes por cima da planta parecendo flutuar sobre ela.
Apesar de ser cultivada pela folhagem as flores dão aspecto interessante ao jardim.

Tolera frio e calor e pode ser cultivada em todo o país.

Pode ser cultivada em todo o país, mas é sensível a temperaturas muito baixas.

Modo de Cultivo :

Local de cultivo ao sol ou na sombra, para cobertura vegetal viva do solo.
Também pode ser cultivada em vasos e jardineiras onde toma a forma de pendente.

maranta-pena-pavaoSubstrato de cultivo enriquecido com adubo animal curtido e composto orgânico.
Colocar cerca de 3 kg/m2 de adubo de curral ou metade desta quantidade para cama de galinheiro.
O composto orgânico deve também ser adicionado ao canteiro e misturado bem todos os elementos para acondicionar a cama das plantas.

As mudas são comercializadas em sacos em caixotes de 15 unidades.
Abrir pequena cova, retirar a planta do saco, rasgando.
Colocar o torrão no buraco e aconchegar a terra, apertando de leve a muda para fixar no solo.

Usar espaçamento de 20 x 20 cm entre plantas e linhas se quiser um tapete. Se optar por bordadura, utilizar 15 cm entre plantas. após o plantio regar.

Para vasos, é muito usada esta planta para compor preenchimento de vasos altos com palmeiras.
Se for usada sozinha como pendente, preparar o vaso colocando proteção de britas e areia ou um pedaço de geomanta no fundo do vaso.
Colocar o substrato, plantar a muda e regar.

Colocar umas 5 mudas para um vaso de tamanho médio. É preferível vasos de boca larga e não precisam ser profundos pois os rizomas são superficiais.

Propagação :

É usada a técnica de separação de touceiras, levando um pedaço de rizoma e algumas folhas junto.

Colocar em substrato semelhante ao que recomendo para plantio.

Não se esquecer de regar.

 

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: cliff1066™