Laranjeira (Citrus sinensis)

Escrito por

Nome Técnico: Citrus sinensis L. Osbeck

Nomes Populares: Laranjeira, laranja doce

Família: Família Rutaceae

Origem: Originária da Ásia

Descrição

É uma árvore de pequeno porte, em torno de 8,0 metros de altura, tronco de casca acinzentada, muito ramificada de copa densa com forma arredondada.

As folhas são ovais, de textura coriácea, borda lisa, cor verde intenso, exalando perfume quando esmagadas.

As flores são pequenas, brancas, perfumadas, sendo polinizadas por abelhas, que produzem com elas um mel de excelente qualidade.

O fruto é globoso, mais arredondado conforme a variedade, de coloração verde a laranja e casca com óleo perfumado. A polpa é aquosa com cor amarela ou alaranjada conforme a variedade e estágio de maturação.

Frutifica praticamente ao longo do ano, mais intenso de abril a setembro.

Como cultivar

Para plantar uma laranjeira com sucesso a época ideal é na estação mais chuvosa ou durante o inverno nos estados do sul do país.

O clima melhor para cultivo fica com temperaturas entre 23 e 32 ºC, mas a resistência ao frio depende da variedade.
Regiões muito quentes, com temperaturas superiores a 32 ºC e com déficit hídrico não são adequadas para o cultivo desta planta, apesar de que a irrigação controlada poderá resolver um dos problemas.

A laranjeira conhecida como laranja-azeda, utilizada para o preparo de doces em calda e cristalizados é a variedade Citrus auranticum

Algumas variedades de possíveis cultivo são a Natal, Pera e Valência, para a Região Leste e Piralima, Seleta, Valência e Hamlin para o Sul.

Plantio e Adubação

A laranjeira se desenvolve bem em qualquer tipo de solo, mas os areno-argilosos têm melhor resposta. Devem ser profundos, não plantar em solos rasos, o pH é de 6,0 a 6,5.

Se houver muita acidez corrigir com calcáreo na quantidade recomendada pela análise de solos.

Fazer a preparação da cova, maior que o torrão, adicionar areia no fundo, 5-10 litros de adubo animal curtido, 200 gramas de farinha de ossos e 200 gramas de adubo químico NPK fórmula 10-20-20, misturando com a terra para não queimar as raízes.

Não esquecer de regar.

Adubações de cobertura devem ser feitas no inverno ou no início das estações chuvosas, na projeção da copa. Utilizar adubo granulado 10-20-20 ou similar, misturado com húmus de minhoca em sulco, não esquecendo de regar depois.

Cuidado e Manutenção

Formigas e Pulgões em uma árvore

Cochonilhas podem ser resolvidas com óleo, mas formigas e pulgões precisam ser eliminadas.

Os tratos culturais para a laranjeira são simples: corte dos ramos secos, não deixar frutos no chão e manter sem inços, colocando cobertura morta ao redor.

Manter rígida vigilância quanto à presença de formigas, pois a cochonilha é um dos principais problemas para as laranjeiras.

Quando notar cochonilhas, aplique óleo de nim ou óleo mineral, ajudará a controlar a infestação, mas será preciso eliminar as formigas também.

Procure um agrônomo que indicará o defensivo melhor para a região.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: dlofink, dlofink