Jardim Oriental – plantas para lagos e cascatas !

Escrito por

 Jardim Oriental :

Laguinhos e cascatas são elementos sempre presentes no paisagismo do tipo oriental.

A água é um dos 5 elementos e é uma grande força da natureza, representando a vida.

A água em movimento propicia renovação do ar e de energia que não ficará estagnada como o da água parada de um laguinho tipo espelho.

agua-filtragemO vento passa e transmite movimento, mas na falta deste podemos nos utilizar de pequenas bombas de aquário com todo o equipamento que acompanha.

Água em movimento não é propicia para larvas de mosquito.
Também poderemos nos prevenir com a colocação periódica de hipoclorito de sódio, a conhecida água sanitária.

Plantas para laguinhos no jardim oriental

Papiro

Papiro anão

As plantas adequadas a laguinhos são os papiros-do-egito (Cyperus papyrus), a sombrinha-chinesa (Cyperus alternifolius) , a cavalinha (Equisetum) , plantados em vasos e colocados sobre pedras dentro do lago, para não ficarem submersos dentro da água.

Para as plantas flutuantes poderemos usar o jacinto-d’ água (Eichornia) , o lótus ou ninféia (Nymphaea) e a alface-d’ água (Pistia) , entre outras plantas.

Não é conveniente muita vegetação, pois acaba por esconder o espelho d’ água do seu jardim oriental.

Quando se colocam peixes, este adendo de vida é considerado auspicioso pela filosofia oriental.

Investimentos mais altos em belas carpas japonesas (kois) podem ter alternativas mais baratas como o peixinho cauda-de-véu vermelho, de cultivo comum nos aquários de água doce.

Pontes são elementos quase indispensáveis no jardim oriental

No paisagismo oriental onde os córregos são transpostos por pontes é muito comum a colocação delas apenas para ornamentar.ponte-oriental

Sobre laguinhos e em forma de arco, elas dão nota bem interessante e caracterizam ainda mais o estilo utilizado.
Podem ser feitas de madeira ou concreto, com guias de madeira ou bambu.

A duração de materiais orgânicos é bem menor o que pode tornar a ponte menos segura com o passar dos anos.

ponte do jardim
O projeto de paisagismo do jardim oriental é, antes de tudo, um trabalho de grande sensibilidade na disposição harmoniosa de caminhos, plantas e elementos decorativos.

Evite sobrecarregar o espaço com muitas plantas, tornando o jardim oriental numa pequena selva.

Também deve ser evitado praticar jardins minimalistas, com apenas 1 ou 2 plantas, o que daria um visual árido e sem graça.

Plantas que se combinem em cultivo, com texturas e alturas diferentes de folhagem tornarão o efeito paisagístico mais interessante.
E planeje bem, pois o paisagista lida com a emoção do cliente e dos visitantes.

Um projeto bem feito e pesquisado é poder trazer emoção para quem entrar no jardim, para que possa se sentir bem e em paz.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: blmurch, National Garden Clubs