Rosele ou vinagreira (Hibiscus sabdariffa)

Escrito por

Nome botanico: Hibisco sabdariffa var. Sabdariffa

Nomes Populares : Rosele, vinagreira, caruru-azedo

Família : Angiospermae – Família Malvaceae

Origem: Índia e Malásia.

Rosele ou vinagreira – Descrição:

Rosele ou vinagreira - florPlanta semi-arbustiva de crescimento anual, altura em torno de 2,0 metros, talos avermelhados, folhas pequenas alternas verdes com nervuras avermelhadas.

As flores são simples, semelhantes ao hibisco ornamental, são amareladas mudando de cor no final do dia para um rosado.

O fruto é vermelho em forma de losango com cinco sépalas ao redor da base protegendo a o fruto.

Modo de cultivo

Rosele ou vinagreira plantaçãoLocal ensolarado, solo fértil, levemente úmido e de pH mais neutro.

Pode ser cultivado no solo de canteiro ou em vasos.

Para o canteiro preparar a terra destorroando adicionando adubo animal de curral bem curtido, cerca de 1 kg por muda, acrescentando composto orgânico de folhas, misturando e nivelando a terra.

Plantar as mudas e colocar o tutor de bambu ou sarrafo, amarrando com cordão de algodão.

Regar no plantio e todos os dias pelos próximos 10 dias.

Rosele ou vinagreira

Rosele ou vinagreira

Podemos também usar a propagação por sementes ou estaquia dos ramos, que deve ser feita logo após a floração.

Para as sementeiras, preparar os caixotes ou bandejas de semeadura com substrato leve tipo casca de arroz carbonizado, mantido úmido em cultivo protegido.

Após a emergência, realizar o transplante para sacos ou vasos e aguardar que a planta tenha pelo menos 10 cm.

Levar para o canteiro com 1,0 m de altura.

Rosele ou vinagreira – Uso culinário e medicinal:

Rosele ou vinagreira flor desidratada

 

Seu cultivo comercial destina-se à produção dos cálices que são usados para confecção de chás e geléias, podendo ser vendido para indústria alimentícia.

 

 

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Suresh Aru, treesftf