Ajuga (Ajuga reptans)

Escrito por

Nome Botânico: Ajuga reptans L .

Nomes Populares: Ajuga

Família: Angiospermae – Família Lamiaceae.

Origem: Originária da Ásia, cultivada no mundo inteiro.

Descrição:

ajuga reptans flor
Planta herbácea perene, rasteira, estolonífera, de folhas verde–púrpura ou variegadas de verde e creme com as do centro púrpura em formato de roseta.

As flores são pequenas, azuis reunidas em inflorescência em forma de espiga e sem importância ornamental.

Muito usada para forração em áreas meio sombreadas e sem pisoteio, em susbstituição a gramados.

É tolerante ao frio, mas pode ser cultivada no país nas regiões temperadas, não se adaptando a lugares muito quentes e secos.

Modo de Cultivo:

Pode ser cultivada em qualquer tipo de solo, mesmo os de baixa fertilidade.

Suas cores desenvolvem-se melhor se seu cultivo for feito em locais com sol pela manhã, recebendo a sombra de outras plantas quando este for mais intenso.

Bronze beauty in summerA propagação da ajuga é muito simples, por estaquia de ramos ou separação de touceiras, feitas principalmente na primavera e outono.

Pode ser feita as mudas em sacos com terra preparada de composto orgânico e areia e mantido úmido coberto por saco plástico até que notar o surgimento de novas folhas. Levar então para canteiro.

É exigente em fertilidade e umidade.
Preparar o canteiro destorroando, adicionando adubo animal de curral bem curtido, composto orgânico e areia, se o solo for muito argiloso.

Nivelar e plantar as mudas com espaçamento de 12 cm, intercalando as fileiras de modo a cobrir bem a área. Regar a seguir.

Paisagismo:

ajuga em vasoMuito usada para bordaduras de canteiros.

Também fica muito interessante como manchas sobre gramados, formando desenhos com outras plantas de mesmo porte ou maiores, como a Pilea (Pilea macrophylla) e a trapoeiraba (Tradescantia pallida).

Tende a ser invasiva, o que pode ser contornado colocando-se separador de grama entre ela e o gramado.

Em vasos também pode ser utilizada para cobrir o solo, mantendo melhor a umidade além de dar acabamento, para vasos em substituição à cascas de pinus e pedriscos.

Produção da Ajuga:

Para produzir a ajuga se utiliza mudas nascidas dos estolões. Devem estar enraizadas, no entanto.
Colocar diretamente em sacos com terra preparada, como composto orgânico completo acrescentando areia na proporção de 3:1.
Colocar estes sacos em caixas, pois assim serão comercializadas.
Deixar em cultivo protegido com sombreamento de 50% até o momento da comercialização.

O sucesso da produção de mudas para forração depende do capricho ao fazer a muda, com terra preparada e fértil.
Colocar nas caixas mudas de mesmo tamanho para uma uniformidade e manter as caixas em locais protegidos de poeira e folhas secas de outras plantas.

Tudo isto mais a sanidade das mudas, além do preço competitivo garante que a oferta do produtor será bem aceita no mercado

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: anemoneprojectors (getting through the backlog)