Feng Shui no Jardim – harmonização e equilíbrio!

Escrito por

 

 

Aplicando o Feng Shui no Jardim !

 

Breve resumo da origem do Feng Shui

A origem da palavra Feng Shui é encontrada no Livro dos enterros (Zang Shu), que foi escrito por um filósofo chamado Guo Pu:
“O Qi é disperso pelo vento (feng) e acolhido pela água (shui)”.

É uma arte milenar chinesa de harmonização e equilíbrio de ambiente de modo a tornar a vida mais saudável e próspera.
Pode ser usada em qualquer lugar, ambientes internos e externos da nossa casa, nossa empresa e que nos ajuda a nos sentirmos alegres e dispostos a enfrentar o trabalho e os acontecimentos do dia a dia.

Seu emprego na arte de fazer jardins há muito é conhecida, usando seus princípios poderemos criar um jardim harmonioso que nos traga bem estar.

Não existe uma fórmula científica, o Feng Shui é baseado em interpretações subjetivas e isto pode mudar conforme a formação de quem trabalha com esta arte.

Não entraremos na descrição de escolas e correntes de pensamento, pois o que desejamos é somente tornar nosso jardim agradável visualmente, onde possamos sentir a natureza e obtermos benefícios para nossa saúde, com um ambiente tranquilo e bonito para nós, nossos familiares e amigos que nos visitam.

Os princípios básicos do Feng Shui: Yang e Yin

Consideram-se dois tipos de energia: Yang, que é vista como a energia masculina, correspondendo ao sol, cores brilhantes e fortes, como vermelhos e amarelos e a energia Yin, mais feminina, de cores frias como azuis e verdes.

O jardim da frente de uma casa ou empresa é considerado Yang enquanto o pátio interno, jardins íntimos são considerados Yin.

Como nesta filosofia é sempre o estudo do equilíbrio, assim precisaremos equilibrar suas forças para um efeito harmonioso, colocando objetos e plantas para harmonizar os espaços..

Linhas retas de muros e paredes devem ser equilibradas adicionando plantas para suavizá-los.
Poderemos lançar mão então da criatividade, fazendo canteiros curvos, adicionando arbustos e trepadeiras.

Para conseguir este equilíbrio poderemos usar o contraste de textura de pedras com espelhos d’água.
Na filosofia chinesa a imobilidade das pedras contrasta com a água em movimento, no harmonioso ciclo do ser humano com a natureza.

Os 5 elementos e as estações do ano:

Os princípios do Feng Shui são principalmente a harmonia de cinco elementos, relacionados com as estações do ano.

bagua_fengshui

 

Ou seja: fogo = energia do verão,
terra = meio do verão,
metal = outono,
água = inverno
e madeira = primavera.

 

Com as orientações, com os signos e meses do ano.

Tudo que temos na Terra é de alguma forma feita com estes elementos e nenhum deles é melhor que os outros.

No Feng Sui todos os elementos co-existem em harmonia. Há interpretações sobre como interagem uns com os outros, de forma positiva e negativa.

Ciclos produtivos, e ciclos de controle no Feng shui

ciclo produtivo fengshui

O ciclo produtivo é o modo que a água influencia a madeira (plantas) que por sua vez influencia o fogo, a terra, o metal e a água.

Se pensarmos, isto faz algum sentido, já que para produzir e fazer crescer uma planta precisamos de água.

Ao queimar a madeira produzimos fogo e depois as cinzas são incorporadas na terra.

ciclo_controle

O chamado ciclo destrutivo ou de controle é a capacidade de influência de uns nos outros, como por exemplo, a água apaga (destrói) o fogo que derrete o metal.

Este por sua vez corta a madeira (plantas), na forma de tesouras, podões e serras.

Como aplicar estas idéias no jardim?

Por exemplo, colocar uma fonte junto de uma churrasqueira seria inapropriado, melhor colocar um deque ou plantas que representam a madeira para uma melhor combinação.

Já a churrasqueira deve ter por companhia uma área pavimentada, de tijolos ou pisos, que representa o elemento Terra.

Vamos então falar sobre cada um destes cinco elementos e de como eles podem influenciar nosso projeto de jardim, de forma a nos trazer alegria, harmonia e equilíbrio conosco, com outras pessoas e com a natureza.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: themonnie