Falso-Barbatimão (cassia leptophylla)

Escrito por

 

Nome botânico: Cassia leptophylla Vogel
Nome popular: barbatimão, cássia, grinalda de noiva, canafístula
Angiospermae – Família Caesalpinoideae
Origem: nativa brasileira, ocorrendo do Paraná a S.Catarina

Descrição

Árvore perenifólia de lugares de altitude em formações abertas, como a mata de pinhais.

Sua altura é de oito a dez metros e tem copa irregular.

As folhas são compostas por muitos folíolos e suas flores são amarelas, reunidas em inflorescências terminais lembrando um buquê.

Floresce de novembro a janeiro e produz frutos tipo vagem, com numerosas sementes claras.

Como Plantar o Falso Barbatimão

falso-barbatimão

Flores do falso-barbatimão

Pode ser cultivada em qualquer parte do país, desde que esteja em exposição ensolarada.

O solo de cultivo é indiferente, mas a textura argilo-arenosa é a melhor.

Para plantar, usar uma mistura de composto orgânico e terra de canteiro em partes iguais.

Acrescentar de dois a três kgs de adubo animal de curral bem curtido, mais 200 gramas de fosfato natural de rocha ou farinha de ossos.

Abrir uma cova maior que o torrão e colocar parte da mistura no fundo e nas laterais com terra descompactada.

Colocar um tutor e amarrar com corda de algodão em formato de oito para não estrangular o tronco. Preencher com o restante da mistura e com a terra retirada do buraco. Regar bem nos próximos dias.

A melhor época de plantio é no inverno ou na época das chuvas.

Mudas e Propagação

Falso-barbatimão

Cassia leptophylla, ou falso-barbatimão

A propagação é feita por meio das sementes.

Colher as vagens na planta ou após sua queda, deixar ao sol alguns dias, depois abrir e passar uma lixa nas sementes, para escarificar e facilitar a germinação.

Colocar em caixotes com terra de canteiro ou já em sacos com substrato semelhante ao do plantio. Manter a umidade no substrato e deixar em cultivo protegido.

A emergência ocorre em pouco mais de uma semana, podendo ocorrer o transplante quando a mudinha estiver com dez centímetros.

O plantio em jardins poderá ocorrer em torno de seis meses a um ano após, conforme o desenvolvimento da muda.

Paisagismo e Uso Decorativo do Falso-Barbatimão

Sua adição a projetos paisagísticos, inclusive os de critérios sustentáveis, é uma excelente opção.

Suas flores amarelas em buquê contrastam com a folhagem escura e seu cultivo em jardins de médio porte, estacionamentos de empresas e arborização de ruas é de excelente efeito.