Espada de São Jorge (Sanseveria trifasciata)

Escrito por

A espada de São Jorge é uma planta em forma de espada nativa da África do Sul e altamente popular no Brasil. Veja a seguir como plantar a espada de São Jorge.

Nome Botânico: Sanseveria trifasciata var.laurentii
Nomes Populares: Espada-de-sao-jorge
Família: Angiospermae – Família Ruscaceae (ex-Agavaceae)
Origem: África do Sul

Descrição

flor espada de são jorgeEspada de São Jorge é uma planta herbácea sem caule, folhas de consistência suculenta, largas e achatadas surgindo direto do rizoma, com altura variável até 1,0 m ou mais.

São de cor verde-azuladas com manchas transversais em verde escuro e borda amarela. Algumas folhas, porém, se apresentam somente verdes com as listras em verde escuro.

As flores são branco-amareladas, perfumadas e pequenas e reúnem-se em inflorescência ereta. A floração ocorre em geral no verão, mas não tem importância ornamental.

A planta tem característica de invasora e desenvolve rapidamente grande maciço.

Como Cultivar

É uma planta rústica e pode ser cultivada ao sol em qualquer região do país.

Não necessita de solo especial, mas para um bom desenvolvimento a adição de adubo animal de curral bem curtido, cerca de 2 kg/m2 misturado a composto orgânico na confecção do canteiro será o suficiente para a planta.

Mudas e Divisão de Touceira da Espada de S.Jorge

espada de sao jorgePara fazer mudas de Sanseveria ou Espada de São Jorge, pode separar a touceira, retirando pelo menos 1 folha com um pedaço de rizoma, plantando em vaso com substrato na técnica descrita acima.

Também pode cortar uma folha em partes com 5 a 10 cm de comprimento e enterrar em areia úmida, cobrindo com saco plástico para manter o substrato úmido.

As estacas de folha brotarão e emitirão raízes. Proceder ao plantio em vasos igual ao descrito.

Plantando Espada de São Jorge em Vasos ou Jardineiras

Quando cultivada em vasos ou jardineiras de cerâmica ou cimento, deveremos isolar a parede do recipiente com produto asfáltico para impermeabilizar. Isto evitará que a combinação dos sais do substrato se combinem com o material do vaso ou que a umidade ocasione manchas no exterior do mesmo.

Sempre aguardar a secagem do material por 2 a 3 dias. Proteger o fundo, onde está o furo de drenagem, com geomanta ou brita de granulometria média.

Espada de São jorge - Sansevieria trifasciata

Belo exemplo de uso na decoração

Por cima, adicionar areia úmida.

O substrato poderá ser uma mistura de adubo animal de curral bem curtido, cerca de 400 gramas para um vaso grande, misturado a composto orgânico ou húmus de minhoca e areia, numa proporção de 1: 3:1.

Caso o vaso se destine para cultivo em ambientes internos, não coloque adubo animal. Coloque adubo NPK formulação 10-10-10 para plantio.

Adubações de reposição de nutrientes poderão ser feita uma vez ao ano, colocando uma colher de sopa do granulado em água, cerca de 2 litros, dissolvendo bem e regando a planta que deverá estar com o substrato úmido.

As regas para esta planta deverão ser bem espaçadas.

Paisagismo com Espada de São Jorge

Esta planta tem história no misticismo popular como capaz de repelir mau olhado. Fazem parte daqueles conhecidos vasos para espantar “olho-gordo”.

Na verdade esta planta de folhagem bonita é muito versátil.

Adapta-se a cultivo no exterior, onde poderemos colocá-la bordejando caminhos e nas laterais de muros, recantos de solos secos e ensolarados.

É muito usada em jardineiras de cimento em entradas de condomínios e áreas empresariais, pois não exige manutenção.

Para interiores, são das poucas plantas tolerantes a ar condicionado e ambientes com fumaças de cigarros.
Podem ser cultivadas em interiores com luminosidade de lâmpadas, desde que haja bastante claridade.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: hf braun, scott.zona